5 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Sesau garante transferência de paciente com doença rara para hospital no Paraná

Pedrinho, acompanhado dos pais, foi realizar um procedimento cirúrgico em Londrina

Momento é de esperança e alegria para toda a família. Foto: Carla Cleto / Ascom Sesau

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) garantiu a transferência do paciente Pedro Guilherme, de seis anos, chamado carinhosamente por seus familiares de Pedrinho, para o Hospital Pequeno Príncipe na cidade de Londrina, no Paraná. O voo saiu da cidade de Maceió neste domingo (12) em um avião adaptado para a viagem com o paciente e seus pais.

O jovem Pedrinho, de seis anos, irá realizar um procedimento cirúrgico chamado de Rizotomia Dorsal Seletiva para o tratamento da espasticidade muscular, doença neorológica rara, resultada de um problema no sistema nervoso central que provoca espasmos involuntários nos músculos e pode provocar diminuição da mobilidade, capacidade de fala e visão.

Para a mãe de Pedrinho, Milena Rose, o momento é de esperança e agradecimento. “Desde o diagnóstico do problema recebemos o apoio de diversas pessoas que têm nos auxiliado com este desafio. Também agradecemos o apoio da Sesau que assegurou a transferência do meu filho com agilidade e estou com fé de que tudo vai melhorar”, declarou a mãe.

A cirurgia está marcada para esta segunda-feira (13) e Pedrinho seguirá acompanhado por seus pais durante a recuperação. “Nosso filho é uma prova de força e fé e estaremos junto com ele oferecendo todo o nosso amor e apoio durante toda essa difícil jornada”, ressaltou Milena.

O secretário estadual de saúde, Gustavo Pontes de Miranda, lembrou que é um compromisso da gestão estadual de saúde assegurar o tratamento de todos os alagoanos. “A Sesau cumpre sua missão de garantir atendimento para todos, seja dentro do estado de Alagoas ou fora. Nossas preces e pensamentos voam junto a Pedrinho e sua família na certeza de sua melhora”, falou o gestor da pasta estadual de saúde.