24 de maio de 2024Informação, independência e credibilidade
Brasil

Supermercados limitam venda de arroz por conta da tragédia do Rio Grande do Sul

Governo federal sinaliza com a possibilidade de importação do produto

Após a tragédia do Rio Grande do Sul, redes de supermercados no País passaram a limitar a venda de arroz aos consumidores.

Alguns supermercados no sudeste e sul passaram a colocar placas anunciando o limite de 5 quilos de arroz por pessoa. A tendência é de restringir ainda mais o limite, caso haja o desabastecimento do produto no País.

Os estabelecimentos comerciais anunciaram que implementaram medidas preventivas para garantir suprimento contínuo de arroz, mas a rede assegura que não vai faltar este item essencial em suas lojas.

Destacaram ainda que “a precaução visa desincentivar que o consumidor faça um estoque desnecessário, o que poderia resultar em escassez injustificada do produto”.

Com a produção de arroz dizimada nos pampas gaúchos, devido a tragédia climática que já matou mais de 100 pessoas e deixou milhares desabrigados, o governo federal anunciou a possibilidade de importar arroz, caso haja desabastecimento do produto no Brasil. O próprio presidente Lula anunciou essa pretensão.