24 de abril de 2024Informação, independência e credibilidade
Justiça

Suspenso o juri de julgamento do PM da reserva acusado de assassinar motorista em 2021

Pedido da defesa remarcou julgamento para o dia 3 de maio

Fórum do Barro Duro – Foto: Caio Loureiro / Dicom TJ/AL

O réu Gedival Souza Silva, policial militar aposentado, iria à júri popular nesta sexta (22). Ele é acusado de assassinar o motorista Fábio Jhonata da Silva, em 2021, no Centro de Maceió, após uma briga de trânsito.

Entretanto, o julgamento foi suspenso por causa de um pedido da defesa e remarcado para o dia 3 de maio. Ele seria julgado por homicídio pelo Tribunal do Júri, no Fórum do Barro Duro. O julgamento será conduzido pelo juiz José Braga Neto, da 8ª Vara Criminal de Maceió.

De acordo com os autos, a vítima foi socorrida após ser atingida por disparos de arma de fogo, mas veio a falecer em razão dos ferimentos.

O caso

Consta no processo que o denunciado e a vítima tiveram uma discussão de trânsito, e ambos desceram do veículo. Em seguida, Fábio foi em direção ao seu carro, procurando algo no piso. Neste momento, o PM correu para se armar e disparou duas vezes contra a vítima.

Gedival confessou o crime, afirmando que interpretou que Fábio iria fazer algo contra ele. Ainda durante o interrogatório, o acusado disse que estava arrependido e que não tinha intenção de matar a vítima.