14 de julho de 2024Informação, independência e credibilidade

Tag: Copa América

Futebol de então: como na igreja, segue o roteiro falacioso de enganadores

Futebol de então: como na igreja, segue o roteiro falacioso de enganadores

Blog, Marcelo Firmino
Futebol de hoje é como igreja evangélica neopentecostal. Engana os tolos. Por trás de tudo está uma rede de oportunista que visa, tão somente, encher a própria bolsa e não apenas com a fé. No futebol, sobretudo, há uma implacável legião de falaciosos e estrategistas do mercado financeiro que lavam dinheiro de toda ordem. Não há anjos, nem santos. O futebol, como a religião em estágio desvirtuado, tornou-se um ópio para seguidores e torcedores. A desclassificação da Seleção Brasileira para o Uruguai, na Copa América, nos  Estados Unidos, não é o fim do mundo. É apenas o cumprimento de um roteiro oposto ao jogo sincero, qualificado. Hoje, tudo é motivado pela adrenalina de um conjunto de mercenários. No cenário atual estão todos pensando apenas no estrelismo, graças a uma

Conmebol divulga jogos da Copa América e libera trocas para mata-mata

Esportes
O Brasil começa a defender o título da Copa América no dia 13 de junho do ano que vem, em Medellin (Colômbia) contra a Venezuela. A tabela completa da competição foi divulgada nesta quinta-feira (13) pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). O torneio seria disputado entre junho e julho de 2020, mas foi adiado para 2021 devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19). A seleção brasileira está no Grupo B, com sede na Colômbia. Além dos venezuelanos e dos anfitriões, também estão no caminho Peru, Equador e Catar, novamente convidado. O atual campeão asiático esteve na edição de 2019, no Brasil. Após a estreia, a equipe de Tite atuará duas vezes em Cali e duas em Barranquilla. Os quatro times mais bem colocados da chave avançam às quartas de final. https://twitt
Brasil derrota Peru por 3 a 1 e conquista a Copa América

Brasil derrota Peru por 3 a 1 e conquista a Copa América

Esportes
O Brasil foi campeão da Copa América pela nona vez depois que a seleção derrotou o Peru e voltou a conquistar a competição depois de 12 anos. Gabriel Jesus foi o grande nome da final disputada na tarde de hoje no Maracanã, com um gol e uma assistência, e conduziu a vitória por 3 a 1, mesmo sendo expulso no segundo tempo. Everton Cebolinha também teve participação preponderante no duelo com um gol e um pênalti sofrido no final. O cartão vermelho do camisa 9 deixou o jogo tenso, com a seleção peruana se lançando ao ataque e levando perigo a Alisson. Mas os gols de Everton, Gabriel Jesus, ambos na primeira etapa, e Richarlison deram a paz que Tite e companhia tanto buscavam nesta Copa América. Paolo Guerrero descontou para o Peru, de pênalti, também no primeiro tempo. Na cerimônia de
Brasil elimina Argentina e está na final da Copa América

Brasil elimina Argentina e está na final da Copa América

Esportes
Em um jogo duro e pegado, a semifinal da Copa América entre Brasil e Argentina foi decidida pelo talento individual brasileiro, especialmente do capitão Dani Alves e do atacante Gabriel Jesus, que desencantou, além do alagoano Firmino. E no Mineirão, em Belo Horizonte, a seleção da amarelinha venceu os hermanos por 2 a 0 e eliminou o time de Messi da competição. O placar foi inaugurado aos 18 minutos do primeiro tempo, em uma linda trama ofensiva protagonizada por Daniel Alves, um dos melhores da noite, com assistência de Roberto Firmino para Gabriel Jesus fazer seu primeiro na Copa América. Jesus ainda apareceu para decidir na etapa final, com arrancada e passe para Firmino ampliar aos 25 do segundo tempo. No fim, houve tempo para a torcida soltar os gritos de olé, mesmo diante
Brasil e Argentina decidem nesta terça vaga na final da Copa América

Brasil e Argentina decidem nesta terça vaga na final da Copa América

Esportes
Brasil e Argentina fazem na noite desta terça-feira (2), às 21h30, uma das semifinais de Copa América, no Mineirão. No Brasil, Tite tenta encaminhar sua primeira final e evitar qualquer possibilidade de crise que questione seu cargo. Entre os argentinos é mais uma chance de que um dos grandes nomes da história, Lionel Messi, conquiste uma taça com a camisa da seleção. O último título do Brasil com a seleção principal foi em 2013, na Copa das Confederações, um ano antes da Copa-2014 e, claro, da derrota de 7 a 1 na semifinal daquele torneio, exatamente no Mineirão. Do lado argentino há uma crise há anos que só aumentaria em caso de insucesso na noite desta terça. Lionel Messi, por exemplo, já ganhou o prêmio de melhor do mundo por cinco vezes, mas não tem sucesso na seleção. Na Co
Jogos de hoje definem mais dois semifinalistas da Copa América

Jogos de hoje definem mais dois semifinalistas da Copa América

Esportes
As partidas da Copa América desta sexta (28) definem mais dois semifinalistas do torneio continental. Às 16h, a Argentina enfrenta a Venezuela, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. O vencedor deste confronto enfrenta o Brasil nas semifinais. Mais tarde, às 20h, na Arena Corinthians, em São Paulo, será a vez de Colômbia e Chile disputarem mais uma vaga. Agora, os jogos são eliminatórios. Argentina e Venezuela Com dois títulos mundiais (1978 e 1986) e 14 títulos sul-americanos (sendo o último em 1993), a tradicional equipe argentina enfrenta a Venezuela, que nunca conquistou uma Copa América e é a única seleção membro da Conmebol (Confederação Sul-Americana) que nunca participou de uma Copa do Mundo, mas que tem mostrado evolução no futebol. Nos últimos quatro confrontos,
Foi com emoção: Brasil supera Paraguai nos pênaltis e avança na Copa América

Foi com emoção: Brasil supera Paraguai nos pênaltis e avança na Copa América

Esportes
Após uma série de eliminações precoces na competição continental, a seleção brasileira se livrou do fantasma paraguaio na Copa América e eliminou o adversário nos pênaltis. Antes, em 2011 e 2015 foi o Paraguai que eliminou o Brasil nos pênaltis. Desta vez, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, a seleção do técnico Tite tentou vencer no tempo normal diante de um adversário que jogou fechado e avançou para as semifinais com vitória por 4 a 3, após o empate por 0 a 0 nos 90 minutos. É a primeira vez desde 2007 que a seleção chega à semifinal do torneio. O jogo sai do vencedor do confronto entre Venezuela e Argentina, que jogam nesta sexta, às 16h, no Maracanã. A semifinal está marcada para terça-feira, dia 2 de julho, no Mineirão, em Belo Horizonte, às 21h30. O primeiro tempo foi
Brasil tem três gols anulados contra Venezuela e não sai do zero

Brasil tem três gols anulados contra Venezuela e não sai do zero

Esportes
O VAR calou por duas vezes gols da seleção brasileira, em jogo valido pela segunda rodada da fase de grupos da Copa América, e o Brasil acabou ficando em um empate sem gols contra a Venezuela, na noite desta terça-feira (18), na Arena Fonte Nova, em Salvador. Antes, Roberto Firmino, por falta em adversário ao girar na área ainda no primeiro tempo, também teve um gol anulado. Com isso, o Brasil só lidera o Grupo A, com quatro pontos, por ter um gol de saldo a mais do que o Peru, que mais cedo derrotou a Bolívia por 3 a 1. Mais intensa e veloz do que na estreia contra a Bolívia, o Brasil animou a torcida, que fez festa no início do jogo. Mas os presentes, que pagaram caro pelo ingresso, vaiaram a seleção ao final do jogo. Na rodada final do Grupo A, o Brasil enfrenta o Peru às 1
Brasil e Bolívia abrem hoje a Copa América 2019

Brasil e Bolívia abrem hoje a Copa América 2019

Esportes
A seleção brasileira, anfitriã da edição da Copa América 2019, abre na noite desta sexta (14) o torneio enfrentando a seleção da Bolívia, às 21h30, no Estádio do Morumbi, em São Paulo. O Brasil já conquistou oito vezes o torneio, quatro delas quando sediou a competição. A última vez que ganhou a competição foi em 2007 e mesmo sem Neymar é a favorita, seguida da Argentina. A Bolívia ganhou o torneio em 1963, quando disputou a competição como país organizador. O árbitro do jogo será o argentino Nestor Pistana. Ele será auxiliado por Hernán Maldana e Juan P. Belatti, também argentinos. O quarto árbitro será o equatoriano Roddy Zambrano. A Copa América 2019 será disputada pelos dez países integrantes da Conmebol e por dois países convidados, Japão e Catar. Os jogos serão realizados e