22 de maio de 2024Informação, independência e credibilidade
Justiça

TJ-AL suspende concurso público da Seduc por redução de vagas para PCD

Reserva de vagas para pessoas com deficiência foi reduzida de 5% para 2,4%.

O Ministério Público de Alagoas (MPAL), por meio da 21ª Promotoria de Justiça da Capital, obteve uma decisão favorável junto ao Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), após agravo interposto solicitando a suspensão de um concurso público promovido pela Secretaria de Educação do Estado.

O certame, voltado para a contratação de professores temporários na rede estadual de ensino, teve sua reserva de vagas para pessoas com deficiência (PCD) reduzida de 5% para 2,4%.

“Diante dessa irregularidade, ingressamos com uma Ação Civil Pública (ACP), buscando, entre outras providências, a imediata suspensão do Processo Seletivo até que o Edital seja corrigido para garantir a reserva mínima de 5% das vagas para pessoas com deficiência, além da publicação de um novo cronograma e a reabertura exclusiva do prazo de inscrição para candidatos PCD, em conformidade com os princípios legais e constitucionais de inclusão social e igualdade”. Jamyl Gonçalves Barbosa. promotor de Justiça.

A decisão foi proferida pelo desembargador relator e publicada no último dia 10 de maio, atendendo ao recurso apresentado pelo MPAL contra a alteração do edital do concurso.

O Ministério Público argumentou que a redução da reserva de vagas violava tanto a legislação estadual quanto federal, infringindo o Decreto Federal 9.508/18 e o artigo 14 da Lei estadual 7.966/18, que estipula a aplicação da legislação federal nas contratações temporárias.

O concurso público encontra-se suspenso até que a questão seja devidamente solucionada, garantindo assim o cumprimento das normativas vigentes e a proteção dos direitos das pessoas com deficiência no acesso ao serviço público educacional em Alagoas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.