2 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Maceió

Turismo vai abrir linha de crédito a bares, restaurantes e hotéis prejudicados pela Braskem

JHC assegura em Brasília novos cadastros do Bolsa Família

Por solicitação do prefeito JHC, técnicos do Ministério do Turismo vêm a Maceió, nos próximos dias, trazendo uma novidade para o trade que atua na capital: a viabilização de uma linha de crédito voltada aos bares, restaurantes e hotéis afetados diretamente pelo desastre ambiental provocado pela Braskem.A boa nova foi garantida ao prefeito pelo ministro Celso Sabino, em uma reunião entre os dois, ocorrida nesta segunda-feira (4) e articulada pelo presidente em exercício do Congresso Nacional, senador Rodrigo Cunha.

A exploração de sal-gema em Maceió, feita pela Braskem, provocou o afundamento do solo em cinco bairros: Pinheiro, Mutange, Bom Parto, Bebedouro e parte do Farol. Quase 60 mil pessoas que viviam nesta região foram obrigadas a sair de casa, dentre as quais havia muitos comerciantes e empresários que atuavam no turismo.

Os detalhes sobre as linhas de crédito, com inúmeras facilidades e juros mais baixos, serão divulgados pelo Governo Federal.

Bolsa Família

JHC também assegurou, junto ao Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome do Brasil, o cadastro de novas famílias para o Bolsa Família, a antecipação do pagamento do benefício e a parceria com o município para o pagamento do aluguel das pessoas afetadas pelos danos causados pela Braskem. .

“Seguimos firmes e trabalhando sem parar, para cuidar de Maceió e encontrar todos os culpados por esse crime ambiental e social. A emergência, claro, é cuidar de pessoas, é assegurar a vida das pessoas, a segurança alimentar dessas famílias e depois reconstruirmos o futuro da nossa cidade”, disse JHC.