16 de abril de 2024Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Vacinação contra a Influenza em Alagoas contará com mais de 1,2 milhão de doses de imunizantes

Distribuição das cotas destinadas aos municípios já foi iniciada; ação ocorre oficialmente a partir da próxima segunda-feira (25)

A distribuição das cotas de vacinas para a Influenza destinada aos municípios ocorre mediante agendamento das secretarias municipais de Saúde. Foto: Olival Santos / Ascom Sesau

A Campanha de Vacinação contra a Influenza deste ano vai contar com 1.210.636 doses de imunizantes enviados pelo Ministério da Saúde (MS), por meio do Programa Nacional de Imunização (PNI). A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) já está realizando a distribuição das cotas destinadas às secretarias municipais de Saúde, uma vez que a ação preventiva começa oficialmente na próxima segunda-feira (25) e vai até o dia 31 de abril.

Para realizar a retirada das cotas de imunizantes destinadas a cada município, as secretarias municipais devem solicitar ao PNI/AL, via e-mail, os insumos e o quantitativo de doses, além de agendar a retirada. O imunizante contra a Influenza pode ser administrado na mesma ocasião de outros do Calendário Nacional de Vacinação.

Para o secretário de Estado de Saúde, Gustavo Pontes de Miranda, a população precisa estar atenta ao calendário vacinal, principalmente o da Influenza. “Essa nova vacina da gripe protege contra os atuais vírus que estão em circulação no país. Por isso, é importante se vacinar. Os municípios farão os seus cronogramas de vacinação para atender o público-alvo da campanha e atingirmos o maior número de pessoas imunizadas. Proteja-se e vacine-se!”, orientou.

Público-Alvo

De acordo com o MS, podem se vacinar crianças de seis meses a menores de seis anos e crianças indígenas de seis meses a menores de nove anos. Crianças que vão receber o imunizante pela primeira vez deverão tomar duas doses, com um intervalo de 30 dias.

Também podem se vacinar trabalhadores da saúde, gestantes, puérperas, professores dos ensinos básico e superior e povos indígenas. A Campanha de Vacinação contra a Influenza deste ano também é voltada para os idosos com 60 anos ou mais, pessoas em situação de rua, profissionais das forças de segurança e de salvamento e profissionais das Forças Armadas.

Ainda segundo o MS, estão incluídas no público-alvo as pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, independentemente da idade, pessoas com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores do transporte rodoviário coletivo e os trabalhadores portuários. Os funcionários do sistema de privação de liberdade, bem como a população privada de liberdade, além de adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas, entre 12 e 21 anos, também são contemplados.