19 de maio de 2024Informação, independência e credibilidade
Maceió

Vigilância Sanitária apreende 220 kg de alimentos estragados na Ponta da Terra

Estabelecimentos foram multados e os produtos recolhidos enviados para descarte no aterro sanitário

Vigilância Sanitária apreende 220 kg de alimentos estragados na Ponta da Terra
Produtos apreendidos estavam fora do prazo de validade. Foto: Vigilância Sanitária
A Vigilância Sanitária de Maceió (Visa) apreendeu, nesta quarta-feira (15), em um supermercado da Ponta da Terra, 220 kg de alimentos estragados e com o prazo de validade expirado. Entre os produtos apreendidos estavam queijo, linguiça calabresa e mortadela.

O chefe especial da Vigilância Sanitária de Maceió, Airton Santos, alerta que os estabelecimentos que atuam desta forma devem ser autuados e os alimentos recolhidos, visando resguardar a saúde da população.

“Os consumidores precisam sempre observar os prazos de validade, pois qualquer produto vencido pode ser prejudicial à saúde. O alerta também se faz aos comerciantes e proprietários de estabelecimentos para que não comercializem produtos fora dos padrões sanitários”, reforça Airton Santos.

Os estabelecimentos foram autuados e deverão responder a processo administrativo, cuja penalidade inclui multa no valor de R$ 180,00 a R$ 38 mil, no caso de reincidência da infração. Os alimentos recolhidos foram levados para o descarte no aterro sanitário da capital.

Disque Denúncia

Para denunciar irregularidades, observadas em estabelecimentos fora das adequações sanitárias e que causam riscos à saúde da população, os maceioenses podem entrar em contato no telefone (82) 3312-5495, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, ou pelo WhatsApp (82) 98752-2000, que funciona 24 horas, todos os dias, para o recebimento de mensagem de texto, foto e/ou vídeo. Todas as denúncias são anônimas, garantindo o sigilo do denunciante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.