3 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Maceió

Vigilância Sanitária de Maceió aprende 370 kg de produtos estragados na parte alta

Estabelecimentos foram autuados pela irregularidade

Vigilância Sanitária de Maceió aprende 370 kg de produtos estragados na parte alta
Estabelecimentos foram autuados. Foto: Cortesia
As fiscalizações da Vigilância Sanitária de Maceió (Visa), durante a manhã desta quinta-feira (25), resultaram na apreensão de 370 kg de produtos com prazo de validade expirados em supermercados e frigoríficos nos bairros Serraria e Ouro Preto.

Durante a inspeção foram identificadas carnes bovinas, frangos, charques, linguiças, queijo e produtos de laticínios com prazo de validade expirado.

A equipe de fiscalização retirou de circulação os alimentos estragados, a fim de evitar riscos à saúde do consumidor. Segundo o chefe especial da Visa, Airton Santos,  os estabelecimentos causadores da infração sanitária vão responder a processo administrativo, cuja  penalidade inclui multa no valor entre  R$ 180,00 a R$ 38 mil.

A Vigilância Sanitária de Maceió tem reforçado as fiscalizações de produtos alimentícios que podem ser danosos à saúde do consumidor, a fim de conscientizar os comerciantes que utilizam práticas inadequadas e irregulares de vendas de alimentos.

“Existe um padrão sanitário a ser seguido, sua regulamentação e legislação, diante das apreensões. Também reforçamos orientações referentes aos cuidados na distribuição e manipulação de alimentos, a fim de garantir a saúde da população. Orientamos responsabilidade e um cuidado maior para com a saúde do consumidor, a fim de evitar um problema de saúde pública, os estabelecimentos que não cumprirem os padrões serão penalizados”, destacou Airton Santos, chefe especial da Visa.

Denúncia

Para denunciar irregularidades, observadas em estabelecimentos fora das adequações sanitárias e que causam riscos à saúde da população, os maceioenses podem entrar em contato pelo telefone (82) 3312-5495, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, ou pelo WhatsApp (82) 98752-2000, que funciona 24h, todos os dias, para o recebimento de mensagem de texto, foto e/ou vídeo. Todas as denúncias são anônimas, garantindo o sigilo do denunciante.