25 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Brasil

Banco Central quer responsabilizar bancos por contas laranjas usadas em golpe do Pix

Presidente do BC defendeu que a autoridade monetária tem feito o possível para proteger o consumidor

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou nesta terça-feira (31) que, para frear fraudes envolvendo o Pix, a autoridade monetária pretende responsabilizar bancos que possuam contas laranjas –abertas por criminosos em nome de outras pessoas.

“A gente está apertando o máximo possível para que os bancos não tenham capacidade de ser hospedeiros de conta laranja ou conta intermediária. Inclusive a gente vai começar a fazer um processo em que os bancos serão responsabilizados se for feita uma fraude de Pix e eles tiverem uma conta laranja”. Campos Neto em audiência pública na Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados.

Em 2021, o BC implementou uma série de mudanças nas regras do Pix para aumentar a segurança do sistema após um aumento expressivo de fraudes, sequestros e outros crimes.

Infratores utilizam dados de vítimas para abrir contas em bancos digitais, que são usadas para receber via Pix o dinheiro de outras pessoas que também são alvos de criminosos.

Além disso, pegam empréstimos na nova conta e depois transferem o recurso. Dada a dificuldade de rastrear os pagamentos, a tática é usada para driblar as investigações da polícia.