24 de abril de 2024Informação, independência e credibilidade
Blog

Bravateiro, Bolsonaro volta a falar em “atirar para matar”

Colunista revela que ex-presidente disse a deputado que não aceitará ser preso

Bolsonaro, em um de seus inúmeros momentos de bravatas e bizarrices no País.

Bravateiro, como de costume, Jair Bolsonaro (PL) disse a um deputado do seu partido, recentemente, que não aceitará ser preso e repetiu que vai “atirar para matar”.

A informação é do colunista do Metrópoles, Guilherme Amado.

O colunista lembrou ainda que o ex-presidente já disse em outras oportunidades – durante o mandato – ” que não acataria mais ordens no STF, que não haveria eleição em 2022 sem voto impresso e que não aceitaria o resultado do pleito daquele ano se não saísse vencedor”.

Enfim, tudo o que disse sumiu no vento feito palavras vazias de um desvairado.

Agora, sentindo que pode ser preso como golpista mor do País, faz novas ameaças para intimidar as instituições da República.

E, claro, para manter em alta o ego dos que aplaudem a idiotia.