24 de abril de 2024Informação, independência e credibilidade

Tag: Bolsonaro…

Bravateiro, Bolsonaro volta a falar em “atirar para matar”

Bravateiro, Bolsonaro volta a falar em “atirar para matar”

Blog, Marcelo Firmino
Bravateiro, como de costume, Jair Bolsonaro (PL) disse a um deputado do seu partido, recentemente, que não aceitará ser preso e repetiu que vai "atirar para matar". A informação é do colunista do Metrópoles, Guilherme Amado. O colunista lembrou ainda que o ex-presidente já disse em outras oportunidades - durante o mandato - " que não acataria mais ordens no STF, que não haveria eleição em 2022 sem voto impresso e que não aceitaria o resultado do pleito daquele ano se não saísse vencedor". Enfim, tudo o que disse sumiu no vento feito palavras vazias de um desvairado. Agora, sentindo que pode ser preso como golpista mor do País, faz novas ameaças para intimidar as instituições da República. E, claro, para manter em alta o ego dos que aplaudem a idiotia.  
Segundo Sakamoto: Ao decidir fugir, Bolsonaro fez da embaixada da Hungria seu Airbnb

Segundo Sakamoto: Ao decidir fugir, Bolsonaro fez da embaixada da Hungria seu Airbnb

Blog, Marcelo Firmino, Política
E aquela máxima do quem não deve não teme, cada dia mais, vai se esvaindo no circulo do clã Bolsonaro. O homem estava decidido a fugir do Brasil, após ter o passaporte apreendido pela Polícia Federal, em 8 de fevereiro, durante operação da Polícia Federal na casa dele. As imagens de Bolsonaro abrigado na Embaixada da Hungria, em Brasília, reveladas pelo jornal The New York Times, são evidências da história de quem deve e, logo, tem medo da prisão. Falastrão e  tosco, Bolsonaro é mesmo um arremedo de gente forjado na enganação e na bizarrice. Isso tem ficado cada vez mais claro em meio aos fatos que dominam sua trajetória política, antes e depois da tentativa de golpe contra o País e o estado democrático de direito. Segundo o jornal americano, ele pretendia fugir do País, a
Mauro Cid fura bolha pseudomoralista: Bolsonaro e generais ficaram milionários

Mauro Cid fura bolha pseudomoralista: Bolsonaro e generais ficaram milionários

Blog, Marcelo Firmino
Uma frase do tenente-coronel Mauro Cid soou como um trovão na base bolsonarista, após ele ter seu áudio vazado de uma conversa com um interlocutor. A frase do tenente-coronel citando Bolsonaro, militares e o entorno é emblemática: - Todos se deram bem e ficaram milionários! Isso remete aquela história do "eu sou contra a corrupção" dos bolsonaristas, envolvidos na bolha pseudomoralista. Mais direta, impossível. A frase de Cid revelou o que de há muito já se sabia: No poder, geralmente, quem assume manda, desmanda, aparelha, censura e se diz homem de bem acima de tudo. Mesmo sem nunca ter sido. E para não esquecer: Na política não há anjos e santos. Aliás, hoje, os religiosos se mostram os piores, falando em nome de Deus e enganando a ingenuidade e a fraqueza alheias.
General Mourão reconhece o triste fim de uma presepada no País

General Mourão reconhece o triste fim de uma presepada no País

Blog, Marcelo Firmino, Política
Foi muito além da melancolia. Foi no rastro da covardia. É o que se pode dizer do fim do governo Bolsonaro, após o senador Hamilton Mourão (Republicanos-RS) afirmar na segunda-feira, 11, que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) devia ter reconhecido a derrota eleitoral de 2022. Bolsonaro, no entanto, se escondeu no Palácio da Alvorada para articular um golpe de Estado e depois, nos últimos dias de dezembro, tomou um avião com um grupo de desequilibrados e se mandou para Miami. Agora com as investigações da Polícia Federal batendo à porta dos envolvidos com a minuta do golpe, além das prisões já feitas, o general de pijama Hamilton Mourão, ex-vice-presidente da República e atual senador, disse textualmente: -Bolsonaro deveria ter reconhecido a derrota, mas teve um fim que con
Bolsonaro chora sua vã filosofia: Eu posso ser horrível mas o outro é péssimo

Bolsonaro chora sua vã filosofia: Eu posso ser horrível mas o outro é péssimo

Blog, Marcelo Firmino
O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) está disposto a implodir o Partido Liberal (PL), após assistir ao vídeo do presidente da legenda, Valdemar da Costa Neto, elogiando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O vídeo circula nas redes sociais desde a segunda-feira, 15. Em conversa com apoiadores em Angra do Reis (RJ), Bolsonaro se mostra indignado com as palavras do dirigente maior do PL sobre o homem que o derrotou nas urnas. Extremamente revoltado, Bolsonaro, o único presidente da história que não conseguiu a reeleição, disse que as declarações foram "absurdas". Na visão dele, tudo o que foi dito por Valdemar pode implodir o partido. O primeiro passo neste sentido foi dado pelo próprio ex-presidente, quando grava vídeo sobre o tema e distribui nas redes sociais, atiçando
Bolsonaro zombava: ‘Me chama de corrupto’ e os sinais vieram com pó e tudo

Bolsonaro zombava: ‘Me chama de corrupto’ e os sinais vieram com pó e tudo

Blog, Marcelo Firmino
A Polícia Federal (PF) identificou com provas robustas uma "Organização Criminosa" no Planalto, durante o governo anterior. E tanto que pediu a quebra de sigilo bancário do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). E o pior: Uma Orcrim envolvida em casos de corrupção e com a participação de oficiais do Exército, devidamente identificados pelas investigações. Nas redes sociais Bolsonaro costuma divulgar um vídeo, onde gargalhava e dizia: "Me Chama de corrupto!". A ideia era zombar dos adversários políticos. Agora ele vai ter zombar de si próprio. O roteiro envolvendo o caso das joias que o ex-presidente e assessores militares traficaram em aviões da FAB, negociaram e transformaram em dinheiro vivo é um caso de corrupção explícita, escandaloso e que desnuda os personagens envolvidos, i
Bolsonaro rifa Mauro Cid, mas não vê maldade em vender joias da União

Bolsonaro rifa Mauro Cid, mas não vê maldade em vender joias da União

Blog, Marcelo Firmino, Política
O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) praticamente rifou o seu ex-ajudante de ordens, tenente-coronel Mauro Cid, ao dizer "não vejo maldade" no ato da tentativa de venda de um Rolex de ouro, que era patrimônio do Estado Brasileiro. Para ele, foi um ato "natural" do ex-ajudante  de procurar vender o Rolex recebido pelo ex-chefe do Executivo, em viagem oficial, como presente ao País. E assim sendo, para Bolsonaro, deve ser mais natural ainda o fato de a Polícia Federal (PF) ter encontrado, no armazenamento em nuvem do celular de Mauro Cid, gravações que mostram que ele também negociou e vendeu joias nos  Estados Unidos neste ano. A negociação se deu exatamente no período que Bolsonaro e Cid estiveram juntos na Flórida, quando para lá embarcaram no final de dezembro do ano passado.
Após hacker e Zambelli, bomba de pavio curto é ameaça a Bolsonaro

Após hacker e Zambelli, bomba de pavio curto é ameaça a Bolsonaro

Blog, Marcelo Firmino
A história da reunião do hacker Walter Delagatti, no Palácio da Alvorada, com Jair Bolsonaro, Carla Zambelli e outros chegou como mais um pote de nitroglicerina no meio político do ex-presidente. Soma-se a isso a história do contrabando de pedras preciosas que entraram no Planalto, para a satisfação de Jair e da então primeira dama Michelle. As pedras chegaram em caixas, não foram registradas como a lei a exige, e logo entraram como patrimônio pessoal do casal, entregues pelo ajudante de ordem, o famoso coronel Cid. Tal como as joias dos árabes, que entraram escondidas no País. Enfim, um roteiro criminoso de quem nunca se importou com a lei em torno de si. Apenas para julgar os outros. E nesse roteiro, além do crime de corrupção, há vários outros que serão tipificados em pr
Carla Zambelli é ‘inconsequente’ e ‘tóxica’, diz Bolsonaro

Carla Zambelli é ‘inconsequente’ e ‘tóxica’, diz Bolsonaro

Blog, Marcelo Firmino
Inconsequente e tóxica. Foi com essas palavras que Jair Bolsonaro se referiu a deputada federal, Carla Zambelli (PL-SP), após tomar conhecimento da ação da Polícia Federal contra ela e o hacker Walter Delagatti. Foi o que informou nesta quarta-feira, 2 de agosto o jornalista Igor Gadelha, do Metropoles. Depois de informarem o ocorrido na operação da PF - buscas e apreensões no apartamento e no gabinete de Zambelli, além da prisão do hacker da Lava Jato - Bolsonaro foi orientado pelo aliados mais próximos a ficar bem distante da parlamentar. Eles temem que qualquer comentário do ex-presidente em defesa dela, seja visto como um instrumento de cumplicidade. A orientação foi para que fique em silêncio. Resta saber até quando?
Bolsonaro engana os trouxas no conto do vigário e fica milionário, diz Noblat

Bolsonaro engana os trouxas no conto do vigário e fica milionário, diz Noblat

Brasil
Conto do vigário ou estelionato? A pergunta é do jornalista Ricardo Noblat, em sua coluna no Metrópoles. O texto associa o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) à vigarice e ao estelionato. -O que melhor define a iniciativa de Bolsonaro de pedir doações em dinheiro, via Pix, para pagar multas, não pagá-las, investir em fundos de renda fixa e multiplicar por oito sua fortuna declarada à Justiça em 2022? - Questionou. O jornalista lembra que Bolsonaro ficou milionário, após aplicar "o conto do vigário" nos seus apoiadores. "Arrecadou pouco mais de 17 milhões de reais entre 1º de janeiro e 4º de julho. Em tom de deboche, Bolsonaro disse que o dinheiro é suficiente para pagar as multas, tomar caldo de cana e comer pastéis à vontade na companhia de Michelle, sua mulher". -Destacou.