13 de maio de 2021Informação, independência e credibilidade

Tag: Bolsonaro…

Renan Filho não vai 5ª ao viaduto, obra construída com recursos dos governos Dilma e Temer

Renan Filho não vai 5ª ao viaduto, obra construída com recursos dos governos Dilma e Temer

Alagoas, Blog, Marcelo Firmino
Licitada em 2016 e com recursos empenhados no governo Dilma Roussef, a construção do viaduto no trevo da Polícia Rodoviária Federal, em Maceió, foi entregue ao Consórcio Rotatória Rodoviária (S. A. Paulista/Astec), que recebeu um aporte de R$ 23 milhões para iniciar a obra. Nessa época o senador Renan Calheiros foi quem conseguiu os recursos junto ao governo petista. Dilma sofreu em seguida o impeachment e a obra foi continuada pelo então presidente Michel Temer que, em dezembro de 2017, liberou mais R$ 46,3 milhões para a construção do viaduto. Temer concluiu o orçamento de um total de quase R$ 80 milhões em 2018. Entre 2017 e 2018, a liberação dos recursos foi capitaneada e alardeada pelo então ministro dos Transportes, Maurício Quintella. Para o governo do Estado, a obra
Bolsonaro garante ‘mamata’ de R$ 25 mil/mês a mulher do líder do governo na Câmara

Bolsonaro garante ‘mamata’ de R$ 25 mil/mês a mulher do líder do governo na Câmara

Blog, Marcelo Firmino, Política
O presidente Jair Bolsonaro nomeou para o Conselho da Itaipu binacional a mulher do deputado federal Ricardo Barros (PP-PR), que é o líder do governo e um dos líderes do Centrão.  Maria Aparecida Borghetti teve nomeação publicada no Diário Oficial desta quinta-feira, 6, e receberá como conselheira, a "bagatela" de R$ 25 mil. Para essa "mamata",  a esposa do líder do governo cumprirá mandato até 16 de maio de 2024. Até lá, como conselheira de R$ 25 mil por mês, ela só precisa mesmo participar de 6 reuniões por ano. Daí para frente é só engordar a conta bancária. A Itaipu possui um Conselho de Administração composto por 12 conselheiros, seis brasileiros e seis paraguaios, e dois representantes dos Ministérios das Relações Exteriores, um de cada país. E alguém chegou a dizer reiterad
JHC quer levar Bolsonaro para ver ‘in loco’ a tragédia da Braskem no Pinheiro

JHC quer levar Bolsonaro para ver ‘in loco’ a tragédia da Braskem no Pinheiro

Blog, Maceió, Marcelo Firmino
O prefeito de Maceió, JHC (PSB), tem como referência a data de 13 de maio próximo, como o novo dia de visita do presidente Jair Bolsonaro à capital  alagoana. A data foi sinalizada pela assessoria do Palácio do Planalto e o Gabinete de Segurança Institucional (GSI), mas ainda não foi confirmada. No entanto, JHC já passou também para a assessoria do governo uma nova agenda, que pode ser ainda mais impactante e emblemática para a visita de Bolsonaro e sua comitiva. O prefeito quer levar o Presidente da República ao bairro do Pinheiro, para que ele veja de perto o tamanho da tragédia provocada pela Braskem. Os bairros do Pinheiro, Bom Parto, Mutange e Bebedouro foram condenados e as famílias estão sendo expulsas de suas casas, devido aos danos causados pela exploração de sal-g
Bolsonaro liga para Renan Filho diz que CPI é inoportuna e quer conversar com Renan

Bolsonaro liga para Renan Filho diz que CPI é inoportuna e quer conversar com Renan

Blog, Marcelo Firmino
Se é fato que quem não deve não teme, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) está praticamente sem conseguir dormir com a CPI da Covid. Muito mais ainda com o fato do senador Renan Calheiros (MDB-AL) ser o relator da comissão. Segundo o Jornal de Brasília, o presidente entrou numa ofensiva para tentar minimizar danos na CPI. Como não conseguiu evitar que o senador alagoano fosse o relator, resolveu agir de uma forma mais conciliadora. E o que fez? De acordo com o JBr, ele fez um aceno ao congressista, na última terça-feira, 20. Diz o jornal que Bolsonaro telefonou para o governador Renan Filho (MDB) pediu para que ele conversasse com o pai senador e avisou que mais tarde iria fazer contatos com o próprio Renan Calheiros. Na conversa, Bolsonaro disse que a instalaçã
De olho nas eleições, Bolsonaro já acena com aumento salarial para servidores

De olho nas eleições, Bolsonaro já acena com aumento salarial para servidores

Blog, Marcelo Firmino
Morra quem morrer, viva quem viver, mas o objetivo do presidente Jair Bolsonaro é um só: a reeleição. Ele sentiu o gosto do poder e não quer largar mais. Ao ponto de dizer em live que só Deus o tira do Palácio do Planalto e assim mesmo se for morto. Foi dito e gravado, o que demonstra por si só quem ele é. Nada importa. Só o poder para si e sua filharada já bem conhecida... Ao longo de sua permanência no cargo, o ministro da  Economia, Paulo Guedes, arrochou os servidores públicos, chamou-os de parasitas e vagabundos. Travou toda e qualquer possibilidade de reajuste salarial para o funcionalismo público, em nome dos seus interesses, como banqueiro que é, dirigente licenciado do Banco BTG Pactual. Só que agora seu Jair descobriu que as pesquisas de opinião pública não estão
Kajuru, feito menino chorão: estou de mal com Bolsonaro

Kajuru, feito menino chorão: estou de mal com Bolsonaro

Blog, Marcelo Firmino
O senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) foi à mídia, feito menino chorão, e anunciou seu rompimento com Bolsonaro: -Nunca mais falo com ele. Nesta terça-feira, 13, ele disse que a relação está rompida, mas "não serei contra o governo". Kajuru parece que não engana mais ninguém. Sempre foi um boquirroto, reacionário e oportunista. Um senador que ilustra, tão somente, o baixo nível político do Brasil atual. Andava apagado, no baixo clero do Senado. Na ânsia de aparecer, ele faz uma ligação para o presidente da República e se coloca à disposição para atuar pelo impeachment do ministro Alexandre Moraes, do STF, e ainda contra a CPI da Pandemia. Grava a conversa, onde o próprio aparece em postura de subserviência e mediocridade. Em seguida revela trechos do diálogo para aparec
Mais de 340 mil mortos e ele diz que ‘não vamos chorar o leite derramado’

Mais de 340 mil mortos e ele diz que ‘não vamos chorar o leite derramado’

Blog, Marcelo Firmino
O Brasil segue a sua triste saga com a morte batendo às portas de todos, sem que isso escandalize ou sensibilize grande parte da sociedade nos dias atuais. São pessoas que incorporaram o pensamento e alma do atual presidente da República, Jair Bolsonaro, que nesta quarta-feira, 7 de abril, em Foz do Iguaçu (PR) desconsiderou completamente as vítimas da Covid-19 no País. Ao ser questionado sobre os números  – mais de 340 mil mortes, vítimas da pandemia –  o presidente reagiu aos costumes, para o delírio dos apoiadores: – Não vamos chorar o leite derramado. Isso vai além da tristeza, muito além da tortura da alma. Isso vai direto e célere pelo caminho mais tortuoso da mediocridade. Mas, é assim: Os medíocres se reconhecem. Operam juntos, agem irmanados e reverberam em unísson
Depois do perdão das dívidas de R$ 1,9 bi, pastores agora querem isenção total

Depois do perdão das dívidas de R$ 1,9 bi, pastores agora querem isenção total

Blog, Marcelo Firmino
Só  há uma razão para que pastores evangélicos briguem nas redes sociais - e contra o STF - pela reabertura de suas igrejas em plena pandemia do coronavírus: O lucro. Não há outra. As igrejas enchem e eles passam as sacolinhas nos templos cada vez mais suntuosos de Malafaias, Santiagos, Macedos e Soares, entre outros. Estes senhores receberam do presidente Jair Bolsonaro, via Congresso Nacional, o perdão de R$ 1,9 bilhão em débitos inscritos na Dívida Ativa da União (DAU). Incluindo aí dívidas com a Receita Federal. É o maior escândalo da renúncia fiscal já praticado no País. Deviam e foram liberados do pagamento. Simples assim. Só que agora eles querem muito mais. Passaram a defender uma reforma tributária no País que lhes atenda da melhor forma possível. Segundo o Jorn
Centrão pressiona pela saída de Guedes; bloco quer Rogério Marinho

Centrão pressiona pela saída de Guedes; bloco quer Rogério Marinho

Blog, Marcelo Firmino
Apegado ao cargo mais do qualquer outro ministro, Paulo Guedes (da Economia) está vivendo seu inferno astral, neste momento em que o Centrão domina a cena política do governo e de dentro do Palácio do Planalto. A seus colegas do mercado financeiro, Paulo Guedes tem se queixado do avanço do bloco político liderado pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). Guedes chegou a falar para a sua gente que se for impedido de fazer o que "é necessário fazer" no Orçamento da União entregará o cargo. Para ele, o Centrão tem minado os passos e espaços do Ministério da Economia por que pretende tirá-lo do cargo para colocar no lugar seu desafeto, o ministro do Deseonvolvimento, Rogério Marinho. O Centrão é a maior referência do governo Bolsonaro na atualidade e já descobriu que, em
Governo Bolsonaro nas mãos do Centrão que agora quer tirar Paulo Guedes e Salles

Governo Bolsonaro nas mãos do Centrão que agora quer tirar Paulo Guedes e Salles

Blog, Marcelo Firmino
Quando o deputado Artur Lira (PP), presidente da Câmara, decidiu endurecer o jogo para cima de Jair Bolsonaro, ele sabia exatamente o que estava querendo. A barganha funcionou. O Centrão não apenas derrubou o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, como ainda tirou da articulação política o general Luiz Eduardo Ramos. O líder do Centrão queria uma pessoa pra chamar de "sua" dentro do Palácio do Planalto. Foi aí que Ramos caiu da Casa Civil e Arthur emplacou sua amiga Flávia Arruda (PL-DF) como a nova ministra do Gabinete Civil. Arruda é esposa do ex-governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, antigo membro do Centrão que chegou a ser preso na Papuda por corrupção. Ela vai despachar na ante sala do gabinete do Presidente da República. Com direito a ouvir t