18 de janeiro de 2022Informação, independência e credibilidade

Tag: Bolsonaro…

Bolsonaro humilha Paulo Guedes e entrega controle do orçamento ao Centrão

Bolsonaro humilha Paulo Guedes e entrega controle do orçamento ao Centrão

Blog, Marcelo Firmino
Com a popularidade do governo Jair Bolsonaro em queda livre, o ministro da Economia Paulo Guedes caiu em desgraça e já não é mais visto nas reuniões palacianas. Contra ele há um processo de fritura em alto grau, coordenado por parlamentares aliados ao governo. Eles querem Guedes fora do comando da economia, antes das eleições deste ano. Aos colegas de sua própria equipe, o ex-superministro e "posto Ipiranga de Bolsonaro" tem dito que não será humilhado por políticos do Centrão. Mas, o fato é que Guedes já foi mais que humilhado, principalmente nesta sexta-feira, 15, quando o presidente da República retirou os poderes do ministro sobre a condução do Orçamento da União de 2022 e entregou o controle total ao líder do Centrão, senador Ciro Nogueira, hoje no comando da Casa Civil d
Bolsonaro amarela e diz que nota do presidente da Anvisa foi ‘muito agressiva’

Bolsonaro amarela e diz que nota do presidente da Anvisa foi ‘muito agressiva’

Blog, Marcelo Firmino
Peitado pelo presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, o presidente Jair Bolsonaro (PL) recuou nas insinuações de corrupção feitas contra a agência reguladora e instado a se retratar pelo que falou antes, ele negou que tenha feito acusações e disse que a nota pública de Torres "foi muito agressiva". Foi mais um episódio da "amarelada" do presidente da República em seus depoimentos sem provas contra tudo e todos, diante de  seu negacionismo e briga extremada contra a ciência na luta para superar a Covid e suas variantes. Ele se manifestou na Rádio Jovem Pam nesta segunda-feira, 10. "Me surpreendi com a carta dele. Carta agressiva. Não tinha motivo para aquilo. Ninguém acusou ninguém de corrupto. Mas ele não precisava agir daquela maneira", apontou. Barra Torres havia pedido que Bo
Bolsonaro é desqualificado por Barra Torres e o planalto silencia

Bolsonaro é desqualificado por Barra Torres e o planalto silencia

Blog, Marcelo Firmino
Depois que o presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, enquadrou e expôs ao mundo a ignorância do presidente Jair Bolsonaro, em um nota dura, o Palácio do Planalto silenciou. Barra Torres chegou a cobrar uma  retratação do presidente por fazer insinuações contra a Anvisa e seus dirigentes no caso da vacinação das crianças. Até agora Bolsonaro nada disse sobre a nota que o desqualifica, nem nenhum dos seus ministros se manifestou sobre o caso. Nem mesmo os bolsonaristas mais boquirrotos da bancada governista no Congresso Nacional. Todos calados. Barra Torres fez questão de lembrar ao presidente que, além de médico que acredita na ciência, é general da Marinha do Brasil. O silêncio, portanto,  só mostra que a nota do general doeu. E a dor a ciência explica.
Renan diz que Bolsonaro é mercador da morte ligado a assassinos, armas e milícias

Renan diz que Bolsonaro é mercador da morte ligado a assassinos, armas e milícias

Blog, Marcelo Firmino, Política
Crítico ferrenho do presidente da República, o senador Renan Calheiros (MDB) disse nesta quinta-feira, 6, no Twitter que “Bolsonaro segue como mercador da morte”. A manifestação do senador se deu após o editorial do Jornal Nacional, da TV Globo, que acusou o presidente  de ser uma “afronta a verdade” e “desrespeitar o luto de milhares de brasileiros”, além de “desrespeitar todos os técnicos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária ao questionar qual seria o interesse da agência com a autorização da vacinação de crianças”. Renan disse que nessa pandemia Bolsonaro é o monstro e responsável principal pelo morticínio e que por isso foi iniciado por nove crimes na CPI da Covid-19, da qual o senador foi um dos principais integrantes, atuando com
Enquanto Olavo diz que a guerra está perdida Bolsonaro mostra seu talento como “rei do funk”

Enquanto Olavo diz que a guerra está perdida Bolsonaro mostra seu talento como “rei do funk”

Blog, Marcelo Firmino, Política, Vídeos
Jair Bolsonaro, a bordo de uma lancha no litoral paulista, parece ter mesmo descoberto o seu verdadeiro talento. Pela forma que dançou e cantou - aos berros -  na embarcação com seus amigos, ele deve estar concorrendo mesmo ao titulo de "rei do funk". O funk "cantado" por ele ataca as mulheres de esquerda e o ex-deputado federal e ativista Jean Wyllys (PT). Isso por si só já nos remete ao tipo de gente bizarra que o brasileiro elegeu para comandar os destinos da nação. Infelizmente, para desgraça da maioria, ele não comanda nada e por razões bem claras. Principalmente por absoluta falta de capacidade, além da incompetência mais que comprovada. Resultado disso, além dos desmontes gerais da políticas públicas no País, é a fome de 20 milhões de brasileiros e falta de persp
Palavrões de Bolsonaro tornam-se constante em meio ao caos no País

Palavrões de Bolsonaro tornam-se constante em meio ao caos no País

Blog, Marcelo Firmino, Política
Caindo de posição nas pesquisas de intenção de votos no País e perdendo espaços à direita e ao centro para o ex-juiz e ex-ministro Sérgio Moro, o presidente Jair Bolsonaro anda com os nervos à flor da pele. Voltou inclusive a retomar o velho hábito de soltar palavrões e atacar adversários e instituições  em solenidades públicas, seja no Palácio ou fora dele. As agressões até a aliados do centrão, como Valdemar Costa Neto, a quem ele mandou "tomar no c..." tornaram-se rotineiras. Um presidente que, não se respeita e nem respeita o semelhante em tempo algum. Mais que isso, um ser incompetente e totalmente despreparado para o cargo de ocupa. As reações explosivas, típicas de um ser em descontrole, refletem os conflitos permanentes de sua incapacidade de conduzir os destinos do
Mensalão, bolsolão e centrão não é apenas fator de rima com corrupção

Mensalão, bolsolão e centrão não é apenas fator de rima com corrupção

Blog, Marcelo Firmino
O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, que recebeu em seu partido o presidente Jair Bolsonaro, foi preso em 2013 acusado de ter participado do chamado mensalão do PT. À época a acusação era de que o governo havia comprado um grande grupo de parlamentares no Congresso por R$ 115 milhões. Com isso, eles votavam favoráveis a todas as matérias de interesse do governo. Quando a sociedade imaginava que tudo isso era passado, vem o governo Jair Bolsonaro e cria o "bolsolão", que consiste no orçamento secreto para pagar a parlamentares aliados, com o mesmo fundamento do antigo "mensalão". A única diferença é que o "bolsolão" é muito mais volumoso. Reúne mais de R$ 16 bilhões para pagar aos deputados e senadores que disserem sim as matérias de Bolsonaro no parlamento. Sabe aquela
Bolsonaro se filia ao PL e quer Collor disputando governo de Alagoas

Bolsonaro se filia ao PL e quer Collor disputando governo de Alagoas

Blog, Marcelo Firmino, Política
Depois da sessão de baixaria à base do "vá tomar no c..." pra lá e "vá tomar no c... você e seus filhos" pra cá, Jair Bolsonaro conseguiu sentar à mesa com o presidente do PL, Valdemar da Costa Neto, e assinou a ficha do partido. É a nona legenda partidária que Bolsonaro se filia, enquanto político. O PL é um partido do Centrão. E esse é o grupo político que já foi atacado por Eduardo Bolsonaro e pelo general Augusto Heleno que, em reunião política no Planalto, parodiou um samba se gritar pegar ladrão: -Se gritar pega Centrão, não fica um meu irmão... Pois bem. Bolsonaro, perdido em meio as bravatas, agora está de volta aos braços do Centrão e chegou falando de uma lista de aliados que quer eleitos nos Estados, seja para o Senado Federal ou para o governo. Ele quer eleitos Mag
Nova PEC da bengala quer transformar STF em puxadinho de Bolsonaro

Nova PEC da bengala quer transformar STF em puxadinho de Bolsonaro

Blog, Marcelo Firmino, Política
Em 2015, época do governo Dilma Rousseff (PT), o País já vivia a efervescência dos movimentos raivosos de direita e conservadores, dentro e fora do Congresso, cujo resultado plantado deu no impeachment da presidente. Foi nesse momento que parlamentares dessa base, liderados pelo frenético Ônyx Lorenzzoni, criaram e aprovaram a PEC da Bengala no judiciário, que aumentou o tempo da aposentadoria compulsória dos ministros dos tribunais superiores da magistratura de 70 para 75 anos. Naquele momento, a mudança foi considerada uma retaliação à então presidente Dilma, que poderia indicar três nomes de ministros para a corte. Pois bem. Eles ganharam o governo com Bolsonaro e os movimentos seguintes foram de aparelhamento total de todos os órgãos, tal como na ditadura militar, bem ao g
Para Bolsonaro, Valdemar Costa Neto agora é o mais honesto do mundo

Para Bolsonaro, Valdemar Costa Neto agora é o mais honesto do mundo

Blog, Marcelo Firmino
Há, desde longo tempo, uma máxima dos mais antigos, conservadores e afins, nos seguintes termos: -Diz-me com quem andas e te direis quem és. O dito popular cai muito bem na decisão do presidente Jair Bolsonaro se filiar ao PL, partido do Centrão, controlado até o último centavo, por Waldemar Costa Neto, um homem famoso no baixo clero da política brasileira. Muito mais pelas falcatruas que realiza do que pela nobreza de caráter. Eles, Waldemar e Bolsonaro, agora se juntam na mesma legenda, apesar de o presidente ter dito, em 2018, que Waldemar era "um corrupto condenado". Verdade. Waldemar foi condenado na justiça como corrupto. Teve decretada sentença de prisão de 7 anos e 10 meses. Mas, agora, pelo andar da carruagem, Costa Neto salta - aos olhos de Bolsonaro - de corr