28 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Crea-AL fiscaliza estádio Rei Pelé e cobra informações de responsáveis por manutenção e reforma

Um pedaço de reboco da arquibancada desabou durante partida entre CSA e Sport

Ciente da última ocorrência em que um pedaço de reboco da arquibancada desabou durante partida entre CSA e Sport, uma equipe de Fiscalização do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Alagoas (Crea-AL) visitou o estádio Rei Pelé, no bairro do Trapiche.

Na oportunidade, foi entregue um ofício solicitando informações sobre empresas responsáveis pela manutenção e reforma do estádio.

O superintendente Carlos Humberto Risco recebeu o gerente de Fiscalização do Crea-AL, eng.º civil Igor Balbino, e o fiscal Rafael Helvis, na condução de uma vistoria pelos setores do estádio.

A equipe também se inteirou sobre os serviços de reforma que estão sendo executados no empreendimento e abriu requerimento para averiguação dos documentos das empresas contratadas.

De acordo com Igor, a Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude (Selaj) agora deve cumprir um prazo legal para a entrega desses documentos.

“É da competência do Crea-AL checar se essas empresas são devidamente registradas, se tem responsáveis técnicos habilitados trabalhando e se estão emitindo as devidas documentações obrigatórias, como a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART). Essa checagem é o que dá garantia de segurança para a sociedade. Já solicitamos essas informações e o gestor do estádio tem 10 dias para nos enviar toda a documentação”.

Ministério Público

Ainda na última semana, o Ministério Público de Alagoas (MPAL) solicitou a realização de nova audiência para tratar das obras que estão sendo realizadas no estádio, e a Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor também requereu que um perito seja designado para fiscalizar os serviços que estão sendo executados.

O encontro, a pedido do MPAL, deverá contar com as participações do gestor do Rei Pelé, de representantes das empresas contratadas, do responsável pelo serviço de restauração do estádio do Comando de Policiamento da Capital (CPC) e do setor de Atividades Técnicas do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL).