11 de agosto de 2022Informação, independência e credibilidade
Política

Fecomércio prestigia entrega das propostas do Sistema Comércio aos pré-candidatos Lula e Alckmin

Evento realizado pela CNC marca mais um encontro com presidenciáveis

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) realizou, nesta terça-feira (12), um encontro com os pré-candidatos a presidente e a vice-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva e Geraldo Alckmin, em Brasília (DF).

O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomércio AL), Gilton Lima, prestigiou a solenidade.

Para Lima, a entrega da Agenda Institucional do Sistema Comércio – Propostas e Recomendações de Políticas Públicas do Comércio de Bens, Serviços e Turismo é um ato muito significativo, pois o documento é uma síntese das reivindicações da classe empresarial e pode ser usado como instrumento para a elaboração de propostas de governo voltadas para economia, turismo, educação, cultura, esporte e lazer.

“Momentos como esse são fundamentais na defesa da categoria. É quando apresentamos os nossos pleitos e iniciamos uma articulação já pensando em um eventual mandato do pré-candidato”.

O documento, que se baseia no trinômio segurança jurídica, democracia e livre comércio, foi entregue pelo presidente da CNC, José Roberto Tadros, que destacou que a agenda é resultado da união de esforços das 34 federações e 1.056 sindicatos empresariais do Sistema Comércio e parceiros do turismo.

“Nós respondemos por mais de 17 milhões de empreendedores, os quais representam 75% do PIB brasileiro. Essa é a nossa força”.

O ex-presidente Lula assegurou que está aberto ao diálogo e destacou que, a exemplo da parceria firmada com Alckmin, pré-candidato a vice-presidente, entende ser de fundamental importância unir forças e saber ouvir os segmentos da sociedade e da economia.

“Vamos levar muito a sério o programa apesentado pela CNC. Vou analisar os temas com carinho e voltaremos a falar sobre eles. Se tudo for acordado previamente, teremos menos problemas e poderemos construir o país que sonhamos, em que as pessoas possam consumir e os empresários terem seus ganhos. É uma responsabilidade coletiva pensarmos no país que a gente é. Precisamos ter coragem para juntar pessoas diferentes para vencermos os antagonismos”.

Clique aqui para acessar o documento, que também já foi entregue para o presidente da República, Jair Bolsonaro, e para a senadora e pré-candidata à presidência da República, Simone Tebet.