4 de dezembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Brasil

Os crimes e infrações que Bolsonaro e apoiadores cometeram em manifestação no Rio

Sem máscaras e causando aglomeração, houve de irregularidades Código de Trânsito até crimes contra a Constituição

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), participou, sem máscara, de uma manifestação no Rio de Janeiro neste domingo (23). O equipamento é obrigatório em todo o estado e esta é uma das determinações que podem ter sido descumpridas por ele e simpatizantes, como mostra levantamento do G1.

General da ativa, o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, também participou do ato. O Regulamento Disciplinar do Exército prevê punição para o militar que se manifeste politicamente.

As desobediências listadas são decretos, artigos do código penal e do código de trânsito brasileiro:

  1. Falta do uso de máscara
  2. Aglomeração
  3. Infração de medida sanitária
  4. Uso de capacete incorreto
  5. Placas de moto escondidas
  6. Falta do uso de cinto de segurança
  7. Corpo para fora do carro
  8. Manifestação de militar da ativa
  9. Pedido de intervenção militar
Manifestante exibe cruz com frases, entre elas uma que cita “intervenção militar com Bolsonaro” — Foto: Matheus Rodrigues/G1