24 de novembro de 2020Informação, independência e credibilidade
Expresso

Pré candidato a prefeito do Psol, Basile quer criar presença digital forte na campanha

Segundo ele, debates no digital ampliam estratégias para mobilidade urbana em Maceió.

 

Basile, pré candidato a prefeito de Maceeió pelo Psol

Em meio a grande transformação das campanhas para as eleições deste ano, criar uma presença digital forte, segue sendo um dos maiores desafios para os pré-candidatos a Prefeitura de Maceió.

Segundo especialistas, quem já disputou cargos em eleições passadas acaba levando vantagem, já que o novo pleito terá menor presença nas ruas.

Esse é o caso do pré-candidato a Prefeito de Maceió, Basile Christopoulos (PSOL), que angariou mais de 56 mil votos no estado com uma campanha propositiva e democrática em 2018. Com a pandemia, Basile e sua equipe esquematizaram um novo modelo de campanha, mais prática e inteligente.

“ Estamos ouvindo especialistas nas áreas de mobilidade urbana, saúde, educação e nas diversas áreas que o plano aborda. Todos os debates através de plataformas digitais, pensando com o maior cuidado, compromisso e responsabilidade”, explicou Basile.

Com uma ampla base digital construída na campanha passada nas redes sociais como: Instagram, Facebook e Twitter, Basile soma esse ano um novo site, onde as pessoas poderão acompanhar novidades da campanha e propor novas ideias, e relatar até mesmo o que pode ser melhorado no plano.

Aproveitando os canais de comunicação, a intenção é ressaltar todas as propostas para gerar maiores debates. Um dos mais importantes e fundamentais, segundo Basile, tem o enfoque voltado para a urgência de elaborar os Planos de Mobilidade e o Plano Diretor.

De acordo com ele, o espaço viário urbano ainda é escasso e a priorização de modos de transporte públicos e ativos como previsto na Política Nacional de Mobilidade Urbana é de extrema necessidade para a promoção de uma mobilidade sustentável e eficiente.

O objetivo seria garantir a eficiência do transporte coletivo, com trajeto seguros e eficaz no deslocamento a pé e na bicicleta que, para além de um modo de transporte, proporcionam o aumento da atividade física e o aumento da saúde da população e, por isso, devem ser plenamente assegurados.

A Atualização do Plano Diretor de Maceió nesse caso delimitaria as estratégias de crescimento e uso do solo da capital, o que iria facilitar a coordenação do Plano de Mobilidade Urbana.

O Plano ainda iria permitir uma melhor visualização do desenho da rede de transporte de média e alta capacidade com a delimitação de áreas destinadas ao adensamento de atividades de emprego e moradia.

“Esta medida é essencial para a redução do número excessivo de viagens pendulares motorizadas no âmbito municipal no médio prazo. Vejo ainda maior urgência quando se precisa garantir o direito à mobilidade a pessoas com deficiência, a administração deve intensificar a ação nos calçamentos da cidade e adotar políticas que incluam a proposição de um plano Plano Municipal de Acessibilidade”, enfatizou Basile.

A Elaboração do Plano de Mobilidade Urbana de Maceió é uma exigência na PNMU, Lei 12857/2012 valida para todos os municípios acima de 20 mil habitantes. Este documento será elaborado com base em pesquisas e orientará a política municipal de mobilidade urbana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.