25 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade

Tag: propina

Centrão quer nomear o quinto ministro da Educação do governo Bolsonaro

Centrão quer nomear o quinto ministro da Educação do governo Bolsonaro

Blog, Marcelo Firmino, Política
O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, e o presidente da Câmara Arthur Lira, ambos do PP e líderes do Centrão, agora miram o Ministério da Educação. O bloco político que hoje manda e controla as ações do governo Bolsonaro já tem dois nomes para substituir Milton Ribeiro, o ministro da propina de ouro do MEC. O primeiro é o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Marcelo Ponte, que chegou ao cargo via Centrão. No fundo, ele já controla um orçamento de R$ 45 bilhões. Ponte, inclusive, foi chefe de gabinete de Nogueira, na Casa Civil. O segundo é Garigham Amarante Pinto, que é o diretor de Ações Educacionais do próprio FNDE. Se o fundo é considerado a galinha dos ovos de ouro, o ministério todo então tende a ser uma granja. Garigham é filiado ao PL,
Propina em ouro que reluz no MEC é a sofisticação da corrupção no País

Propina em ouro que reluz no MEC é a sofisticação da corrupção no País

Blog, Marcelo Firmino
O brasileiro vai começando a perceber que a corrupção está se reinventando na atual gestão do País. O dinheiro na cueca ou nas nádegas é um método ultrapassado. A propina hoje é cobrada em barra de ouro. Isso para cada verba liberada no Ministério da Educação (MEC). O escândalo da corrupção no MEC revela que pastores liberam verbas, com o aval do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), e pedem a propina em ouro. Trata-se da propina benzida. Se eles benzem até  armas e fazem unção com óleo, imagine com o ouro? O brilho é outro. O aval do presidente foi dito em conversas com prefeitos e pastores pelo próprio ministro da pasta, Milton Ribeiro. A situação, portanto, mostra que entre ratos e baratas dentro das instituições do estado brasileiro, também estão os "Zé Ru
Delator diz que levou dinheiro de propina para Collor amarrado nas pernas

Delator diz que levou dinheiro de propina para Collor amarrado nas pernas

Brasil
O delator Rafael Ângulo Lopez, relatou em depoimento uma entrega de R$ 60 mil originários de propina ao senador Fernando Collor (PTC-AL). Segundo o jornal O Globo, Ângulo afirmou ter levado o dinheiro amarrado nas pernas até o apartamento do senador. Collor é réu em uma ação penal no Supremo Tribunal Federal, por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e participar de organização criminosa. A ação é ligada à Lava Jato. O pré-candidato à Presidência da República é acusado de receber cerca de R$ 30 milhões em propina, entre 2010 e 2014, por contratos da BR Distribuidora. No depoimento, o delator afirma que Collor não tocou no dinheiro, e pediu que a quantia fosse deixada na antessala de um apartamento em São Paulo, no bairro da Bela Vista. “Ele não pôs a mão no dinheiro