15 de julho de 2024Informação, independência e credibilidade
Personalidades

Ziraldo é citado como o intelectual que queria salvar o mundo

Escritor marcou época por transbordar o limite da folha de papel

Ziraldo: o intelectual que se considerava o assessor de palpites

Criador do célebre personagem “O Menino Maluquinho”, Ziraldo Ziraldo teve uma carreira de vanguarda no mundo da arte e da literatura.

Criou charges, cartuns, pinturas, cartazes, murais, histórias em quadrinhos, livros infantis e crônicas. A morte de Ziraldo neste sábado, 6. deixou de luto o mundo cultural brasileiro. Ele morreu aos 91 anos de falência múltipla dos órgãos, em sua casa no Rio de Janeiro.

Amigo do intelectual brasileiro, Maurício de Souza, outro ícone do meio cultural disse que perdeu um irmão, ao tomar conhecimento da morte de Ziraldo

Ele destacou que o escritor e artista transbordou o limite de uma folha de papel e virou um intelectual público disposto a distribuir opiniões para salvar o mundo.

“Sempre se considerou um “aspite”, isto é, um assessor de palpites. Para evitar mal-entendidos, chegou a propor a adoção do ponto de ironia na língua portuguesa”. Disse.

Já o cartunista Laerte declarou que Ziraldo é um dos pilares do design brasileiro, praticante dessa forma polivalente de desenhar, que é fazer quadrinhos, cartum e charge.