2 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Interior

Arnaldo Higino, prefeito de Campo Grande, está preso

Seu sobrinho e ex-prefeito de Campo Grande, Miguel Higino, também está preso; Acusações são de improbidade administrativa, peculato e furto qualificado.

A assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL), informou, na noite desta quinta-feira, 18, que o prefeito de Campo Grande, Arnaldo Higino, encontra-se preso na Delegacia da Barra de São Miguel.

A prisão de Arnaldo Higino foi decretada quarta-feira (17), pelo desembargador João Luiz Azevedo Lessa, do Tribunal de Justiça de Alagoas. Ele, que já foi flagrado em vídeo recebendo propina, é acusado de improbidade administrativa, peculato e furto qualificado.

Esta é sua segunda prisão. Da primeira vez, após quase um mês preso, ele foi solto e ao voltar para o cargo suspendeu o pagamento do 13º dos funcionários da Prefeitura.

Seu sobrinho, e ex-prefeito de Campo Grande, Miguel Higino, foi preso na noite de quarta-feira e informações desencontradas levaram a acreditar que Arnaldo estaria foragido.

Entretanto, o atual prefeito se apresentou naquela mesma noite, na sede da DEIC, junto com seu advogado Fábio Ferrário. A ordem de prisão foi cumprida e ele foi conduzido para a carceragem da Delegacia da Barra de São Miguel, onde se encontra.