20 de novembro de 2020Informação, independência e credibilidade
Esportes

Atlético-GO consegue recurso e vai escalar jogadores que testaram positivo para Covid-19

Assim como aconteceu com o CSA, potencialmente todos os jogadores estão infectados

O Atlético-GO conseguiu no fim da noite desta terça-feira (11) um recurso para escalar contra o Flamengo os quatro jogadores que testaram positivo para Covid-19.

O clube afirma que eles estão em reta final de contaminação, já cumpriram o protocolo de quarentena e “não têm mais o potencial de transmissão da doença”. A comissão médica da CBF acatou o argumento e liberou os atletas para jogarem nesta quarta-feira (12).

De acordo com Gleyder Sousa, médico do Atlético-GO, o argumento utilizado consta no próprio protocolo desenvolvido pela CBF junto aos clubes antes do início do Campeonato Brasileiro.

Gleyder complementou dizendo que o caso tomou grande proporção por conta da divulgação precoce. A informação dos quatro casos positivos veio a público por meio do secretário-geral da CBF, Walter Feldman, durante entrevista à Fox Sports. Segundo o médico rubro-negro, antes mesmo de o clube ter sido notificado.

Contaminados
Feldman disse ao vivo que quatro jogadores do Atlético Goianiense testaram positivo, mas Vagner Mancine, treinador do clube, na mesma hora ligou para a Fox Sports e disse não ter esta informação.
Entretanto, Feldman prontamente avisou que informou o Atlético-GO oficialmente e que se a informação não tinha chegado até Mancine, a culpa era do time, não da Confederação.
Para piorar, enquanto aguardava o resultado de contraprovas, os quatro jogadores que testaram positivo treinaram normalmente com o restante do clube. Ou seja: não há tempo hábil para o exame ser eficaz em detectar o vírus até esta quarta-feira. E assim como aconteceu com o CSA, potencialmente todos os jogadores estão infectados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.