5 de março de 2024Informação, independência e credibilidade

Autor: Marcelo Firmino

Renan Calheiros viu Lira na Sapucaí e tratou de ensaiar um novo enredo

Renan Calheiros viu Lira na Sapucaí e tratou de ensaiar um novo enredo

Blog, Marcelo Firmino, Política
Depois que o deputado federal Arthur Lira (PP) apareceu na Marquês de Sapucaí, no desfile da Beija Flor, o senador Renan Calheiros decidiu tuitar nas redes sociais, alfinetando o presidente da Câmara. Renan Calheiros postou uma foto em que Lira aparece ao lado do bicheiro Anísio Abraão Davi, presidente de honra da Beija-Flor. No texto, o senador não perdoou: -As vítimas da Braskem estão abandonadas, mas os foliões que coreografaram acordos ilegais deliram na avenida, inebriados pelo dinheiro público. Preço tem. É desumano e cruel. Merece nota zero em todos os quesitos. A história, a partir de agora, ainda vai muito o que falar. E com direito a réplicas e tréplicas. Será um novo enredo. Só que agora é eleitoral. Quem sabe, no ritmo do coco alagoano.  
Vivendo a tristeza em pleno carnaval, Bolsonaro convoca apoiadores para ato dia 25

Vivendo a tristeza em pleno carnaval, Bolsonaro convoca apoiadores para ato dia 25

Blog, Marcelo Firmino, Política
E de repente, Jair Bolsonaro, na tristeza do seu carnaval, convoca seus apoiadores para um ato público na avenida Paulista (SP), no próximo dia 25, um domingo. Só que desta vez, ele adverte a sua turma para não levar faixas, nem cartazes com críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF), nem aos ministros da corte. A recomendação contraria todos os atos praticados pelo ex-presidente e aliados pelo País afora, quando a recomendação era de ataque total. Em outros atos não só atacavam o STF e o Congresso Nacional, como também exibiam faixas e cartazes de apoio à implantação de um golpe militar no país, além de enaltecer a ditadura militar (1964-1985). Mas, a questão agora é que Bolsonaro responde a inquérito na Polícia Federal por tentativa de golpe de Estado e por ataques à Just
Quando o carnaval passar, Lula e Arthur Lira vão discutir a capacidade de entrega

Quando o carnaval passar, Lula e Arthur Lira vão discutir a capacidade de entrega

Blog, Marcelo Firmino
O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP) vai passar o carnaval com seu pai, Benedito de Lira, prefeito da Barra de São Miguel, no litoral sul alagoano, muito mais aliviado. A conversa que teve com o presidente Lula, nesta sexta-feira, 9, no Palácio do Alvorada, serviu para atenuar as inquietações e mágoas de lado a lado. Lula, segundo os interlocutores, sinalizou que tudo será resolvido no campo das demandas de Lira, que passam pelos recursos das emendas que foram vetadas no Planalto e que somam R$ 5,6 bilhões. "O orçamento é de todos os brasileiros". A frase dita por Lira em discurso de reabertura dos trabalhos no Congresso Nacional ecoou no Planalto, mas não abalou as estruturas do governo, considerando que o presidente da República pediu prudência e serenid
Reforma administrativa no Congresso autoriza demissão de servidores públicos

Reforma administrativa no Congresso autoriza demissão de servidores públicos

Blog, Marcelo Firmino
O funcionalismo público brasileiro está em cheque com a tramitação no Congresso Nacional da PEC 32/2020, apresentada no governo Jair Bolsonaro (PL) pelo então ministro da Economia, Paulo Guedes. A PEC, que os parlamentares do Centrão querem dar celeridade para votação, acaba com a estabilidade do servidor público e autoriza a demissão do pessoal. Não poderia ser diferente naquele contexto passado, quando Paulo Guedes declarava que servidor público era "vagabundo". Mas a proposta prevê diversas mudanças voltadas à facilitação de contratação de serviços terceirizados. Ou seja, desmonta-se o serviço público e abre concorrência para que empresas terceirizadas entrem para ocupar as funções dos servidores demitidos. Não custa dizer que vai ser uma festa. Inclusive, de parlamentar
Pesquisa diz que Moro e Lira são os políticos mais rejeitados do País

Pesquisa diz que Moro e Lira são os políticos mais rejeitados do País

Blog, Marcelo Firmino
Quem foi uma espécie de "namoradinho da cidade", anos atrás, agora caminha para amargar o ostracismo e ainda ter que responder pelas armações que aprontou para se dar bem na vida. Essa é a situação do senador Sergio Moro. Segundo pesquisa Atlas Intel,  Moro é o político mais rejeitado do país. De acordo com os dados, a imagem negativa de Moro disparou 20 pontos percentuais com relação ao último estudo, feito em novembro de 2023. Hoje, "sua excelência", o senador, amarga um índice de rejeição de 65%. Apenas 22% enxergam ex-juiz positivamente. Mas, a pesquisa também trouxe um resultado nada animador para o presidente da Câmara, deputado federal Arthur Lira (PP). Ele aparece como o segundo mais rejeitado, entre os nomes apresentados pelo instituto de pesquisa, que ouviu mais 7.40
Renan Calheiros diz que parecer de agência contra Braskem é ‘gravíssimo’

Renan Calheiros diz que parecer de agência contra Braskem é ‘gravíssimo’

Blog, Marcelo Firmino
O senador Renan Calheiros (MDB), que requereu a instalação de uma CPI no Senado para investigar o crime da Braskem em Maceió, considerou como "gravíssimo" parecer da Agência Nacional de Mineração (ANM), que acusa relatórios duvidosos da empresa sobre a tragédia alagoana. De acordo com o senador, o parecer da agência revela "erros, imprecisões e defasagem sobre o estado das 35 cavernas" da Braskem no subsolo maceioense. Calheiros se manifestou pelo X (antigo Twitter). E o mais grave, segundo ele, é que ANM aponta ainda riscos de novos colapsos, considerando que fortes indícios de movimentos preocupantes dentro das minas próximas a de número 18, que colapsou no Mutange, que é um dos 5 bairros atingidos pelo crime ambiental, que afetou as vidas de 60 mil maceioenses. Depois de tu
Marcelo Victor investe e aposta em dois candidatos a prefeito: Matheus e Madeira

Marcelo Victor investe e aposta em dois candidatos a prefeito: Matheus e Madeira

Blog, Marcelo Firmino
O ex-prefeito de Marechal Deodoro, Cristhiano Matheus (PSB), tem tudo para voltar ao comando do histórico município alagoano. Nos bastidores tem trabalhado muito e atuado com carta branca para fazer as alianças necessárias, em busca dos resultados desejados no projeto que abraçou. Para isso, conta com um apoio peso-pesado na política alagoana. Ou seja, seu principal cabo eleitoral é o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Victor. Victor deixou de lado o processo eleitoral em Maceió e passou a se dedicar, com prioridade, a dois municípios importantes do ponto de vista eleitoral: Marechal Deodoro, no litoral sul, e Maragogi, no litoral norte. Em Maragogi, o deputado aposta todas as fichas na eleição do ex-prefeito Marcos Madeira, que, igualmente a Matheus, ta
Imperdível: Clube Jazz Maceió é atração no mega Garanhuns Jazz Festival 2024

Imperdível: Clube Jazz Maceió é atração no mega Garanhuns Jazz Festival 2024

Música
Quem é amante da boa música, do som que toca e acalma a alma, pode se preparar para quando fevereiro chegar. A boa nova é que talentosos músicos alagoanos estarão no palco de um dos maiores eventos musicais do País. Trata-se do Garanhuns Jazz Festival 2024. O evento tradicional é organizado pela Prefeitura de Garanhuns (PE) e está marcado para o período de 10 a 13 de fevereiro. E é lá que o  Clube do Jazz Maceió estará se apresentando no dia 12 de fevereiro, com o show   Kind of blue - A música de Miles Davis. A grade de programação do festival conta com shows gratuitos, na Praça Mestre Dominguinhos, e a participação de mais de 40 artistas, entre atrações nacionais e internacionais do jazz, blues, erudito e cultura popular. Após um hiato de 8 anos,  o Jazz Festival foi reto
Banqueiros avisam que não querem CPI da Braskem, criada pelo senador Renan

Banqueiros avisam que não querem CPI da Braskem, criada pelo senador Renan

Blog, Marcelo Firmino, Política
Os bancos credores da Novonor (antiga Odebrecht) estão em pé de guerra com o senador Renan Calheiros (MDB) por conta da Braskem. Ou seja, a CPI que o senador articula para investigar os estragos que a mineradora fez em Maceió não interessa aos banqueiros, segundo apurou a revista Veja. A questão é que cinco bancos receberam ações da Braskem, como garantia dos empréstimos feitos à Novonor. E esta é uma operação que os banqueiros querem manter sob sete capas. Uma CPI agora no Senado para investigar a Braskem deve expor as minas do desastre ambiental na capital alagoana e, naturalmente, o caminho do dinheiro percorrido pelos bancos. Para os banqueiros, a CPI criada por Calheiros tende a ser um "espetáculo" de desvalorização de suas ações. É a velha pressão do poderoso merca
Operação do Gaeco prende 18 prefeitos por corrupção; todos bolsonaristas

Operação do Gaeco prende 18 prefeitos por corrupção; todos bolsonaristas

Blog, Marcelo Firmino
Um dos estados mais bolsonarista do País, Santa Catarina, vive uma situação inusitada na política com a explosão da corrupção em Prefeituras municipais. Mas é tanto que o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), do Ministério Público (MPSC), prendeu nada menos que 18 prefeitos por casos de corrupção. Nesta sexta-feira, 26,  o prefeito Ari Bagúio (PL), de Ponte Alta do Norte, cidade de 3,2 mil habitantes no Meio-Oeste catarinense, foi preso por corrupção em processo que apura a lavagem de dinheiro e fraudes em licitações. A operação do Gaeco em Santa Catarina foi batizada de "Limpeza Urbana".  Essa operação tem como alvo um  esquema de corrupção envolvendo a contratação de serviços de limpeza urbana em cidades de várias regiões do estado. Há 14 mes