2 de março de 2024Informação, independência e credibilidade
Blog

Colapso da mina 18 pode, enfim, instalar a CPI da Braskem no Senado

CPI para apurar o maior crime ambiental urbano do mundo foi travada pela mesa do Senado

Braskem: a tragédia anunciada com o aval da impunidade

O colapso da mina 18 no bairro do Mutange, em Maceió, deve acelerar a composição da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Senado Federal, que foi proposta pelo senador Renan Calheiros (MDB), em meados de outubro.

A CPI está travada desde que foi aprovada, por que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD) não deu sequência ao rito de composição da comissão.

Pacheco chegou a fazer a leitura do requerimento da CPI, mas não deu seguimento a instalação formal. Falta também disposição dos líderes partidários para a indicação dos membros da comissão.

Já o senador Renan Calheiros tem afirmado que está atuando em várias frentes para responsabilizar a Braskem pelo maior crime ambiental urbano do mundo.

Um crime que traumatizou mais de 60 mil pessoas de 5 bairros e agora está prestes a ampliar a tragédia com a mina 18, que está para entrar em colapso a qualquer momento.

Diga-se, que tudo isso é cenário de uma tragédia anunciada, desde a instalação da mineradora no bairro do Trapiche da Barra, em Maceió.