28 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Justiça

Desembargador assume presidência do TRE/AL nesta quinta

Solenidade acontece no auditório da Escola Superior da Magistratura de Alagoas (Esmal)

O desembargador Pedro Augusto Mendonça de Araújo toma posse no cargo de presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) nesta quinta-feira (10), em solenidade acontecerá no auditório da Escola Superior da Magistratura de Alagoas (Esmal), às 19h.

Na oportunidade, o desembargador José Carlos Malta Marques, atual presidente do TRE/AL, se despede do cargo e será empossado como vice-presidente e corregedor regional eleitoral, cargo que ocupará até abril, momento em que encerra seu biênio.

Nos últimos dois anos, o desembargador Pedro Augusto Mendonça de Araújo atuou como vice-presidente e corregedor do TRE/AL. À frente da Corregedoria Regional Eleitoral (CRE), o desembargador e sua equipe técnica inspecionaram todas as Zonas Eleitorais alagoanas, como propósito de observar as realidades cartorárias e buscar aferir, de forma direta, a situação em todas as 42 Zonas alagoanas, em Maceió e no interior.

Em sua gestão como presidente da Corte Eleitoral alagoana, o magistrado pretende dar continuidade às atividades dos programas da Escola Judiciária Eleitoral (EJE), que aproximam o TRE de jovens e crianças nas instituições de ensino, ampliar iniciativas para uma melhor interação do Tribunal com a sociedade e focar em julgamentos céleres dos processos judiciais em tramitação.

Pedro Augusto

Pedro Augusto Mendonça de Araújo ingressou na magistratura alagoana em 1976, atuando nas comarcas de Paulo Jacinto, Palmeira dos Índios, Arapiraca e, em 1995, foi removido para a 24ª Vara da Capital. Foi promovido a desembargador do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) em 2008. Atualmente atua como coordenador geral dos Juizados Especiais do Estado de Alagoas.

Assim que ingressou na magistratura, atuou como juiz eleitoral da 41ª Zona – Paulo Jacinto e, posteriormente, nas Zonas Eleitorais de Maragogi, Palmeira dos Índios, Messias e Arapiraca. Em 2002, foi designado para auxiliar os trabalhos de fiscalização da propaganda eleitoral irregular em Maceió.