20 de outubro de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

Imóveis com risco de desabamento no Pinheiro serão demolidos hoje e amanhã

Demolições serão realizadas por empresa especializada contratada pela Braskem, empresa responsável pela destruição de bairros de Maceió

Demolições acontecem nesta terça e quarta-feira e visam sanar risco à população. Fotos: Joanna Borba

Mais cinco edificações com risco iminente de desabamento no bairro do Pinheiro serão demolidas nesta terça e quarta-feira (5 e 6), a partir das 8h.

As demolições serão realizadas por empresa especializada contratada pela Braskem, através de Termo de Cooperação com o Município, e atendem solicitação da Defesa Civil de Maceió, uma vez que há risco para a população que transita pelo entorno dos imóveis.

Hoje (5), está prevista a demolição dos edifícios Antares e Olímpia, localizados, respectivamente, nas Ruas Augusto Vaz Filho e Cel Aurélio Mousinho, no bairro do Pinheiro.

De acordo com técnicos da Defesa Civil Municipal, as edificações de três andares sofrem com processo de colapso de estrutura em decorrência da instabilidade de solo provocada pela atividade de mineração – ​​segundo relatório do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) – que afeta o bairro.

Em agosto deste ano, a Defesa Civil de Maceió registrou desabamento parcial da estrutura dos edifícios e vem acompanhando o agravamento do risco em decorrência do alto grau de movimentação de solo na região. Para sanar o risco a população, o órgão municipal recomendou a demolição das unidades.

Edifícios Antares e Olímpia, no Pinheiro, serão demolidos devido ao alto risco de desabamento

Amanhã (6) está prevista a demolição de mais três edificações. Desta vez, três residências localizadas na Rua Santo Antônio, também no bairro do Pinheiro. Os imóveis apresentam colapso de estrutura e precisam ser demolidos pois trazem risco à população.

As edificações que serão demolidas têm recomendação de realocação pela Defesa Civil de Maceió desde junho de 2020, quando foram inseridas na área de criticidade 00 (realocação) do Mapa de Setorização de Danos e de Linhas de Ações Prioritárias – Versão 2.

Todas as unidades estão desocupadas e, segundo a mineradora, os proprietários inseridos no Programa de Compensação Financeira e Apoio à Realocação da Braskem.

Mapa das áreas de desocupação e monitoramento