27 de outubro de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

Mais da metade dos maceioenses adultos estão plenamente vacinados

Vacinação segue nesta segunda (27) das 9h às 16h em todos os pontos, com D1 para adolescentes e adultos, D2 para adultos e D3 para idosos 70+ e imunossuprimidos

Maceió atingiu, neste domingo (26), a marca de 50,31% da população adulta vacinada com duas doses ou dose única dos imunizantes contra a Covid-19, somando 381.662 pessoas.

Além disso, 86,05% (652.865) dos adultos e 57,4% (58.099) dos adolescentes de 12 a 17 anos tomaram a primeira dose das vacinas. Até ontem (26), 1.005 idosos e imunossuprimidos haviam tomado a dose de reforço das vacinas.

O percentual de 50,3% de adultos vacinados com as duas doses é um marco importante na imunização da população e valida o modelo de eficiência vacinal implantado pela Prefeitura de Maceió.

“Maceió ultrapassa a marca de 50% da população completamente vacinada, seja com a segunda dose, seja com a dose única e vamos avançar ainda mais. Quem está no período de tomar a segunda dose da Coronavac, ou faltando até dez dias para a data de tomar a segunda dose da Astrazeneca ou da Pfizer, procure um posto de imunização e complete sua imunização”. Claydson Moura, coordenador geral do Gabinete Integrado de Enfrentamento à Covid-19.

O gestor faz um apelo às pessoas que estão com a segunda dose atrasada. “Vamos ajudar Maceió a vencer essa pandemia definitivamente. Fazendo isso, a gente estará levando segurança para dentro de nossas casas e para o local de trabalho, garantindo a manutenção dos empregos e evitando que a economia volte a parar”, afirma.

Vacinação

Nesta segunda-feira (27) todos os pontos de vacinação funcionam no horário das 9h às 16h, disponibilizando a primeira dose para adolescentes de 12 a 17 anos com e sem comorbidades e para remanescentes de outros grupos que não tenham iniciado a imunização.

Também estão disponíveis em todos os pontos de vacinação a segunda dose para adultos e a dose de reforço para pessoas com 70 anos ou mais que tenham completado seis meses da segunda dose e para imunossuprimidos com pelo menos 28 dias após terem tomado a 2ª dose.