6 de março de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Médico e professor da Ufal, Ronald Mendonça morre após dois meses entubado com covid-19

Internado na Santa Casa de Maceió em 18 de dezembro, ele não resistiu aos sintomas enquanto era tratado no Hospital do Coração, em São Paulo

Na tarde desta quarta-feira (3), faleceu o neurocirurgião, escritor e professor da Universidade Federal de Alagoas, Ronald Mendonça, 74, de Covid-19. Ele estava há 2 meses entubado em hospital de São Paulo, lutando contra a doença.

Pouco antes do Natal, o neurocirurgião transferido para um hospital de São Paulo para o tratamento, depois de sofrer uma piora na Santa Casa de Maceió, onde estava internado, e precisar ser entubado.

Internado na Santa Casa de Maceió em 18 de dezembro, ele não resistiu aos sintomas enquanto era tratado no Hospital do Coração.

Integrante da Associação dos Docentes da Ufal (Adufal), onde se formou em medicina no ano de 1971, era pós-graduado em neurocirurgia. Ele também foi professor Adjunto IV de neurologia na Faculdade de Medicina (Famed) e membro da Academia Alagoana de Medicina, da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia e da Academia Maceioense de Letras.

One Comment

  • Avatar Rita Borges

    Lamentável tudo isso!

    Nunca se publicou tanto em tão pouco tempo sobre mortes… porém, de um único *laudo*. May se morre de mais nada nesse mundo ???

    Essas manchetes não seriam um princípio ativo para gerar tanto pânico a população a ponto de levar o povo a uma enfermidade letal ???

    Afinal, qual é o *laudo* real desse COVID-19 ?
    O que o diagnóstica ??
    Qual a sua origem ???

Comments are closed.