18 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Esportes

Palmeiras disputa Mundial pressionado para passar por time africano

Estreia hoje no Mundial de Clubes é contra o Al Ahly, do Egito, às 13h30

O Palmeiras estreia hoje no Mundial de Clubes, contra o Al Ahly (Egito), às 13h30 (de Brasília), nos Emirados Árabes Unidos. E o objetivo é claro: vencer a semifinal e também conquistar pela primeira vez o título do torneio organizado pela Fifa.

Mas a tarefa não é fácil. Além do histórico sulamericano no torneio, que conta com a eliminação dos times campeões da Libertadores em algumas semifinais, a concorrência neste ano está longe de ser uma zebra.

O time egípcio é simplesmente a base da seleção do Egito, e mesmo desfalcado de pelo menos 10 jogadores – seja por causa de Covid, seja por atletas disputarem a Copa Africana de Nações – o Al Ahly mostrou um futebol competente ao eliminar Monterrey do México, então favorito à vaga na semifinal.

O problema é que o torcedor brasileiro, e principalmente palmeirense, não se importa: com as derrotas para o Tigres e para o próprio Al Ahly (nos pênaltis, na disputa pelo terceiro lugar), no ano passado, a equipe alviverde foi a primeira das 14 filiadas à Conmebol que disputou a competição e não conseguiu sequer subir ao pódio.

O atual bicampeão da Libertadores é também o único sul-americano que esteve no torneio da Fifa e ainda não marcou sequer um golzinho. Foram 210 minutos (fora os acréscimos) de seca na edição jogada em fevereiro passado.

E para o time que precisa aturar o meme do “não tem mundial”, a pressão, portante, é enorme: o time precisaria voltar para o Brasil campeão do torneio. Mas, para isso, precisa passar antes pelo Al Ahly.

O duelo terá transmissão da Band, na TV aberta, e da Band Sports, na TV por assinatura.

Palmeiras: Weverton; Gustavo Gómez, Luan e Jaílson (Piquerez), Marcos Rocha, Danilo, Zé Rafael e Gustavo Scarpa; Dudu e Rony. Técnico: Abel Ferreira

Al Ahly: Ali Lotfi; Yasser Ibrahim, Rabia, El Maghraby, Maâloul; Dieng, Hany, Afsha, Abdelkader, El Shahat; Taher Mohamed. Técnico: Pitso Mosimane