26 de setembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Justiça

PF prende blogueiro bolsonarista, mas ativista Zé Trovão segue foragido

Macedo e caminhoneiro é um dos alvos do inquérito para investigar a organização de atos no 7 de Setembro

A Polícia Federal cumpriu hoje mandado de prisão preventiva contra o blogueiro bolsonarista Wellington Macedo de Souza, expedido pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal).

Segundo a PF, a medida, cumprida em Brasília, tem o objetivo de aprofundar investigações em curso nos autos de inquérito que tramita na Corte.

Macedo é um dos alvos do inquérito aberto a pedido da subprocuradora Lindôra Araújo, cerca de duas semanas atrás, para investigar a organização de atos no 7 de Setembro.

O blogueiro já havia sido alvo de um mandado de busca e apreensão, autorizado pelo STF, no mês agosto, ao lado do cantor Sérgio Reis, o deputado federal bolsonarista Otoni de Paula (PSC-RJ) e outras oito pessoas.

Zé Trovão

A PF busca pelo paradeiro do caminhoneiro bolsonarista Marcos Antônio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão, para cumprimento de prisão, solicitada pela PGR (Procuradoria-Geral da República) e determinada pelo ministro Alexandre de Moraes.

Zé Trovão é acusado de promover a incitação de atos violentos contra o Congresso Nacional e STF, por meio das redes sociais. Ele teria descumprido ordens cautelares determinadas anteriormente por Moraes.

Seu advogado, Levi de Andrade, já disse que ainda não teve acesso ao documento, mas adiantou que seu cliente não deve se entregar à Polícia Federal, pelo menos até o dia 7 de Setembro.