18 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Maceió

Prefeitura notifica Equatorial Alagoas para ordenar cabos e fios em postes de Maceió

ANEEL também foi oficiada sobre a situação que se encontram os postes em áreas públicas da capital alagoana

Prefeitura notifica Equatorial Alagoas para ordenar cabos e fios em postes de Maceió
Foto: Alberto Jorge / Ascom Semscs

Após receber inúmeras denúncias sobre os problemas que vem sendo causados pelo excesso de cabos e fios em postes na cidade de Maceió, a Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (Semscs) notificou a Equatorial Alagoas, empresa responsável pelos postes em áreas públicas da capital alagoana.

A notificação expõe a situação caótica nos postes em vários locais de Maceió, colocando em risco a segurança da população como os acidentes que ocorreram na semana passada com a fiação que entrou em curto circuito e incendiou postes no bairro do Jacintinho e no bairro da Gruta de Lourdes.

A Semscs solicitou da Equatorial Alagoas que seja iniciado de imediato o realinhamento das fiações e a remoção de cabos e fios inutilizados ou em desuso dos postes de energia elétrica e a concessionaria de energia elétrica precisa elaborar e apresentar um plano de ação de como será feito o reordenamento.

Irregularidades em postes são encontradas em diversos pontos da cidade de Maceió. Foto: Itawi Albuquerque / Secom Maceió
Irregularidades em postes são encontradas em diversos pontos da cidade de Maceió. Foto: Itawi Albuquerque / Secom Maceió

Segundo Thiago Prado, secretário titular da Semscs, também foi pedido que as empresas de telecomunicações sejam acionadas para participarem da elaboração e execução do plano de ação.

“Uma das cidades mais bonitas do Brasil está sendo prejudicada esteticamente, e trazendo verdadeiros riscos a segurança da população por causa do caos instalado nos postes de energia de Maceió”, afirmou o secretário.

O órgão municipal também oficiou a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), autarquia vinculada ao Ministério de Minas e Energia, que faz a regulação do setor elétrico brasileiro, sobre os problemas nos postes espalhados em diversos bairros de Maceió. A Equatorial Alagoas pode ser multada administrativamente pela ANEEL em até 2% do faturamento anual da empresa.