20 de outubro de 2021Informação, independência e credibilidade
Política

Renan Calheiros diz que CPI não tem data definida para acabar

Na quarta-feira será a vez do depoimento do empresário Luciano Hang, que o senador alagoano credita por “evidente e ostensiva participação em campanhas de desinformação”

Em  coletiva nesta quinta-feira (23), após a reunião da CPI da Pandemia, Renan Calheiros (MDB-AL) comentou os próximos passos da comissão. E o senador relator da CPI disse que não há nada definido sobre o fim dos trabalhos da CPI, mas garantiu que está pronto para entregar o relatório logo após o último depoimento.

“Eu me comprometi a apresentar o relatório no dia seguinte ao último depoimento. Na sequência dos depoimentos, eu apresentarei o parecer; e nessa data também, antes da apresentação do relatório, nós teremos uma cerimônia de homenagem às vítimas da covid-19 no Brasil”. Renan Calheiros.

Na próxima terça-feira (28) , a CPI da Pandemia colhe o depoimento da advogada Bruna Morato, que representa os médicos da Prevent Senior que elaboraram um dossiê sobre irregularidades no tratamento de pacientes com covid-19.

Na quarta-feira (29), será a vez do depoimento do empresário Luciano Hang. Para Renan, o empresário teve “evidente e ostensiva participação em campanhas de desinformação” e outras irregularidades investigadas pela CPI.

O “Velhdo da Havan”, inclusive, foi um dos motivos da troca de ofensas que Renan e o senador Jorginho Mello na sessão de ontem.