21 de setembro de 2020Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Sete policiais penais são afastados após presos passarem mal

Comissão será instituída para apurar episódio envolvendo reeducandos que precisaram de atendimento médico

A Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) decidiu, nesta segunda-feira (14), instituir uma comissão de sindicância e afastar cauterlamente por 60 dias, prorrogáveis por mais 60, sete policiais penais que estavam de serviço no Presídio Masculino Cyridião Durval e Silva, em Maceió.

Isso tudo após o episódio envolvendo cinco reeducandos que precisaram de atendimento médico após se deitarem no chão, gemendo e passando mal agonizando. A decisão foi tomada após análise do circuito interno de câmeras daquela unidade.

O procedimento busca apurar a conduta dos servidores penitenciários durante o fato registrado no último sábado (12). Todos serão afastados com base no artigo 193 da lei 5.247/9, que instituiu o regime jurídico dos servidores públicos do estado de Alagoas.

Todos os reeducandos, que agora passam bem, foram prontamente atendidos por equipe da Gerência de Saúde da Seris, sendo encaminhados, por precaução, ao hospital de campanha montado no próprio sistema prisional, onde seguem sob observação. Eles serão novamente avaliados e devem retornar à unidade de origem somente quando estiverem plenamente recuperados.

Covid-19

Até o momento, não há nenhum registro de óbito por Covid-19 entre os reeducandos. Ao todo, 66 presos que apresentaram sintomas e testaram positivo seguem em tratamento no hospital de campanha. Outros 65 se recuperaram da doença, havendo, ainda, 78 casos descartados.

Agora, a Seris – que dispõe de equipe multidisciplinar composta, inclusive, por médico infectologista – trabalha para retomar rotinas carcerárias que precisaram ser suspensas devido à pandemia, em virtude do risco de contágio.

O retorno gradativo da entrega de feiras pelos familiares dos reeducandos teve início há uma semana. Na barreira sanitária montada à porta do sistema prisional, profissionais de saúde aferem a temperatura de cada visitante, reforçando também a obrigatoriedade do uso de máscara de proteção.

Eles recebem orientações sobre como higienizar as mãos, atentando, ainda, para a importância do distanciamento social controlado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.