2 de março de 2024Informação, independência e credibilidade

Tag: ministros

Renan Filho e a carapuça: ‘Tem gente que se viciou em orçamento secreto’

Renan Filho e a carapuça: ‘Tem gente que se viciou em orçamento secreto’

Blog, Marcelo Firmino
Foi durante o lançamento da pedra fundamental da Embrapa Alimentos e Territórios, no Distrito de Saúde, em Maceió, que o ministro dos Transportes Renan Filho (MDB) deu uma alfinetada em rival político, mas sem citar nomes. RF destacou o fato de que em um ano de governo, Paulo Dantas já havia recebido mais ministros do governo Lula, do que ele que foi governador por dois mandatos. Nas contas do ministro, Dantas já teria recepcionado em Maceió entre 6 e 8 ministros da atual gestão no Planalto. E fez questão de destacar a atuação dos deputados federais Paulão (PT) e Isnaldo Bulhões (MDB) na relação com os ministérios. E segundo deixou transparecer, o problema, do governo passado, "é que tem gente que se viciou em orçamento secreto. Fiquei meses sem receber uma visita de ministro"
Desespero: Moro procura ministros do STF para pedir que não lhe cassem o mandato

Desespero: Moro procura ministros do STF para pedir que não lhe cassem o mandato

Blog, Marcelo Firmino, Política
Prestes a ser cassado por abuso de poder econômico na campanha eleitoral passada, o senador e ex-juiz federal Sérgio Moro anda à base do desespero. Sem apoio dentro do Congresso Nacional, ele busca atenção de ex-aliados dentro do poder judiciário para barrar o processo que corre contra ele, a princípio na Justiça Eleitoral. O desespero é tamanho que, depois de todas as artimanhas que fez, inclusive contra o STF quando juiz da Lava Jato, ele tratou agora de procurar os ministros Alexandre Moraes e Roberto Barroso, além da ministra Rosa Weber. Foi a eles, humilde, sem a costumeira arrogância. Enfim, quem deve, teme. Se vai dar certo é outro papo.
Lira adota parlamentarismo ‘Ad hoc” e se impõe no governo Lula

Lira adota parlamentarismo ‘Ad hoc” e se impõe no governo Lula

Blog, Marcelo Firmino
Em jantar com líderes do Congresso Nacional, ministros de governo e do Supremo Tribunal Federal, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sentiu que no campo político atual a situação é mais complicada do que parece. E não por conta das ideologias, mas pelas garantias do "ou dá ou desce", para governar o País. O jantar foi na última sexta-feira, 26, e Lula pode perceber que o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP), é uma espécie de ninja do Centrão. Contrariar os interesses maiores dele é criar um abismo para o governo se jogar dentro. Hoje, com o poderio que tem no controle de bancadas na Câmara, Lira impõe derrotas e libera vitórias - como e quando quiser - para o governo. Assim é e seria com qualquer outro governante no Planalto. Arthur Lira instituiu o parlamentarism
Ministros que Lula anunciará na sexta-feira para acalmar os engomados do mercado

Ministros que Lula anunciará na sexta-feira para acalmar os engomados do mercado

Blog, Brasil, Marcelo Firmino
Na próxima sexta-feira, 2 de dezembro, o presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) estará anunciando a primeira leva dos ministros do futuro governo. O pernambucano José Múcio Monteiro vai ocupar o Ministério da Defesa. De plena confiança do presidente eleito, o paulista Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo, será o Ministro da Fazenda. Há ainda uma forte tendência para que o deputado federal paulista, Alexandre Padilha seja o Ministro da Saúde. Padilha é médico de formação. O nome mais esperado, no entanto, principalmente pelos segmentos produtivos, é o do ministro da Fazenda. Com o nome revelado, o presidente eleito espera, assim, acalmar os agentes engomados do mercado financeiro. Se isso vai ser isso mesmo, só quando a sexta-feira chegar.
Controlar as decisões judiciais agora é a nova meta de Jair Bolsonaro

Controlar as decisões judiciais agora é a nova meta de Jair Bolsonaro

Blog, Marcelo Firmino
Para ter o controle sobre o Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Jair Bolsonaro (PL) centrou foco na proposta de aumentar para 16 o número de ministros da corte. Atualmente são 11. Se reeleito, garante o mandatário que vai encaminhar a proposta ao Congresso Nacional. A ideia, no entanto, está mais para uma ameaça aos atuais integrantes do Supremo. Em entrevista ao Canal do Pilhado, no Youtube, Bolsonaro fez questão de afirmar: " Que tudo vai depender da temperatura da corte". Ou seja, se a temperatura for branda fica como está; se for quente, ele - se estiver no poder em 2023 - manda a proposta para o parlamento. Enfim, é o sinal claro e concreto do governante autoritário que não quer harmonia dos poderes, mas controle total das ações até do judiciário. Esse film
Bolsonaro quer o seu próprio Alcorão para  a ânsia totalitária

Bolsonaro quer o seu próprio Alcorão para a ânsia totalitária

Blog, Marcelo Firmino
"Ou se enquadra ou pede para sair". A ameaça do presidente Jair Bolsonaro aos ministros do STF certamente dará muitos panos para as mangas neste day after. Dizer que não cumprirá mais nenhuma sentença de um ministro da suprema corte por que ele não se enquadrou é, sem dúvida nenhuma, a ânsia totalitária movida pela histeria dos ignorantes. Enquadrar magistrado por que a sentença dada não lhe favorece? Não aceitar o exercício do contraditório? Não tolerar a opinião divergente? É instituir o seu próprio Alcorão para conduzir um governo. Pelos pronunciamentos que fez ontem, em Brasília e São Paulo, o senhor Jair Bolsonaro deu uma clara demonstração de que não aceita ser contrariado em nada e que a democracia para ele não significa coisa alguma. O tom adotado colocou em cheque