23 de junho de 2021Informação, independência e credibilidade
Blog

‘Vai pegar dinheiro de agiota”, diz Bolsonaro para quem recebe auxílio emergencial

País tem hoje mais de 14 milhões de desempregados e 19 milhões de pessoas passando fome

Mais de 19 milhões de brasileiros estão passando fome e mais de 14 milhões amargam o desemprego

Mais de 14 milhões de desempregados no País, mais de 19 milhões de brasileiros passando fome e o presidente Jair Bolsonaro zomba da cara de quem depende de auxílio emergencial e manda, em live, pegar dinheiro com agiota.

Por força de ação parlamentar, o governo paga auxílio que varia entre de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família, limitado a um benefício por família em situação de vulnerabilidade.

A oposição defende a volta o pagamento do auxílio de R$ 600. Mas, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que esse valor quebra o País.

As criticas ao governo têm sido contundentes neste campo, considerando que a ótica da economia proposta por Guedes e companhia é privilegiar os investidores do mercado e grandes corporações, além dos bancos.

Então R$ 600 para quem está na miséria, nem pensar. E assim, em live semanal, o presidente da República zombou de quem mais precisa com a seguinte declaração:

-Se você acha que o governo pode se endividar, para dar recurso a você, vai no banco pegar empréstimo. Se não conseguir, pega do agiota.  Vai ver a dificuldade não só pra conseguir, mas pra pagar.

Imagine se o pobre estivesse pedindo R$ 6 milhões para comprar uma mansão à beira de um lago.

 

One Comment

  • Avatar Maria

    Acho interessante ler isso vindo de pessoas q vivem do dinheiro publico,pessoas q são votadas para defender o eleitor se transformando “nisso, parabéns pela falta de empatia.Dese jeito já sabe qual vai ser o resultado das eleições.

Comments are closed.