26 de setembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Política

Vídeo: Bolsonaro fala em guerra depois de Pacheco engavetar impeachment de Moraes

“Estamos entendidos? Se alguém acha que eu preciso ser mais explícito, lamento”, falou o presidente em postagem nas redes sociais

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, anunciou na noite desta quarta-feira (25) que rejeitou o pedido de impeachment contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). O pedido havia sido apresentado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, em caráter pessoal, e será arquivado.

Pacheco explicou que submeteu a denúncia de Bolsonaro contra Moraes à Advocacia do Senado, que emitiu um parecer técnico considerando a peça sem adequação legal. Além do aspecto jurídico, Pacheco justificou a decisão citando a preservação da independência entre os Poderes, e disse acreditar que ela é uma chance para que as crises institucionais sejam deixadas para trás.

O presidente Jair Bolsonaro, no entanto, não recebeu a notícia com bom agrado. Horas após a decisão de Pacheco, o perfil de Bolsonaro postou um vídeo em que diz saber onde está “o câncer do Brasil” e que pode “vencer a guerra”.

O vídeo compartilhado por Bolsonaro é o trecho de uma live transmitida em abril deste ano. Em tom de ameaça, o presidente diz: “Sei onde está o câncer do Brasil, nós temos como ganhar essa guerra se esse câncer for curado. Estamos entendidos? Se alguém acha que eu preciso ser mais explícito, lamento”.