29 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Blog

Yes! Nós temos nosso picolé de chuchu

Decidi ir ao Procon. Vou reclamar de ter “comprado” a imagem de um bom moço e de ter levado gato por lebre. Mera coincidência, Rodrigo Cunha, ex-diretor do órgão, é o nome dele. Esperava mais do cidadão como senador da República.

O “não” dele à CPI para investigar a roubalheira santa no Ministério da Educação (MEC), onde pastores deitam e rolam sobre dinheiro público, é a gota d’água não somente da minha, mas da decepção de muita gente com o jovem, que parecia ser algo novo e diferente na política.

Filho de uma mulher honrada, vítima de um dos mais bárbaros e covardes crimes da história do nosso estado, pensei que Cunha teria senso de justiça. Ledo engano.

Além de um chuchuzinho, insípido, tem sido um aliado de Bolsonaro no desmonte do Estado e na retirada de direitos conquistados com muito suor e sangue.

Diferentemente de Collor, ele é uma decepção. Por que Collor não decepciona? Por que ele sempre foi isso aí. Vota quem quer…