29 de julho de 2021Informação, independência e credibilidade
Blog

Projeto 60+Música: Aprendizado em domicílio para a geração prateada

Rafaela Quintino – Divulgação

Um projeto focado na música e com o aval do Sebrae e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) pode ser uma excelente alternativa para pessoas com mais de 60 anos ocuparem o tempo dedicando-se a uma nova e prazerosa experiência de aprendizado, lazer e terapia de socialização, sem ter que sair de casa. Como?

Com a ideia de trabalhar aulas de música para a chamada geração prateada, a educadora musical e musicista Rafaela Quintino resolveu submeter o projeto “60+Música” ao edital de subvenção econômica destinado ao setor de Economia Criativa promovido pelo Sebrae e Fapeal. Não deu outra: Foi aprovada e o projeto já está em execução.

As inscrições podem ser feitas desde já pela página no Instagram – @60maismusica. As aulas não são gratuitas: Custam R$: 80,00 a hora. Mas trazem a vantagem de serem ministradas no conforto da casa de cada aluno/a, de segunda a sexta-feira, com disponibilidade em horários das 9h às 17h, mediante prévio agendamento e respeitando todas as medidas de segurança sanitária. Some-se a isso a essa comodidade, o poder terapêutico incontestável que a música é capaz de proporcionar em diversas situações.

Segundo Rafaela Quintino, o projeto nasceu a partir de sua experiência pessoal ao ministrar aulas particulares na casa de um idoso de 77 anos, portador do Mal de Alzheimer. “Durante as aulas, o aluno obteve uma melhora cognitiva”, diz ela, acrescentando que esse foi o fator determinante para elaboração do projeto.

Rafaela reforça que a música pode mudar a realidade e trazer mais qualidade de vida em qualquer fase da vida, principalmente na terceira idade. “A aula de música mostra que a pessoa idosa não é um adulto disfuncional e que a música, além de liberar a endorfina e outras substâncias que são responsáveis pela felicidade e prazer que sentimos, ajuda a manutenção das funções cognitivas das pessoas”, afirma.

Ela relata outros benefícios da música nessa fase da vida. “O envelhecimento, muitas vezes vem acompanhado de limitações funcionais. Porém, desenvolver atividades que geram uma produção de conhecimento significativa acaba melhorando a autoestima, o cuidado consigo e, consequentemente, a saúde física e mental”, ressalta.

Serviço:

Quem é: Rafaela Quintino é multi-instrumentista, licenciada em Música pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL), pós-graduanda em Musicoterapia pela Uniabeu Centro Universitário, técnica em Enfermagem e educadora musical.

O projeto: Aulas de música para terceira idade.

Quando: Segunda à sexta

Horário: Agendamento disponível para aulas das 9h às 17h

Onde: Domicílio do aluno(a)

Valor R$: 80,00 por hora/aula

Informações e inscrições: (82) 99695-2385 / @60maismusica / @rafaquintinooficial