26 de setembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Política

Ao Vivo: Veja a sabatina da CCJ ao Procurador-Geral da República, Antônio Augusto Aras

Aras não terá dificuldades de ser reconduzido ao cargo, apesar de não constar da lista tríplice apresentada pela ANPR

O procurador-geral da República, Augusto Aras, é sabatinado, hoje, no Senado. Parlamentares da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa decidirão se ele está apto a continuar na função.

Aras é indicado pelo presidente Jair Bolsonaro e, no cargo, sua maior preocupação tem sido blindar o governo contra denúncias do próprio Ministério Público ou da sociedade organizada. Por isso mesmo tem acusado dentro da própria instituição de prevaricar no exercício do cargo.

Assim, a  expectativa é de que a sessão seja marcada por questionamentos sobre a atuação dele à frente da Procuradoria-Geral da República, especialmente sobre eventuais omissões em casos que poderiam impactar o chefe do Executivo e seus aliados.

No entanto, Aras não terá dificuldades de ser reconduzido ao cargo, apesar de não constar da lista tríplice apresentada pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR).

Isso por que o relator da sabatina na CCJ, Eduardo Braga (MDB-AM) já apresentou um relatório favorável à recondução.  Com a maioria dos parlamentares envolvidos em processos no STF, a indicação de Aras pode funcionar como moeda de troca, que garantiria o arquivamento de denúncias contra senadores.