5 de março de 2024Informação, independência e credibilidade

Autor: Fátima Almeida

Jornalista, graduada pela Universidade Federal de Alagoas, foi presidente do Sindicato dos Jornalistas de Alagoas, membro da Comissão de Ética da entidade e diretora da Federação Nacional dos Jornalista. Vinte e poucos anos de profissão, alguns prêmios, atuação multieditorial em diversos veículos, larga experiência em jornalismo político. Hoje, aprendiz de blogueira.

Alagoas foi o Estado que mais reduziu a violência no País, segundo o governo

Cotidiano, Maceió, Política
O governo Renan Filho comemora uma marca importante para o Estado. Trata-se da redução dos índices de violência. Alagoas foi o Estado brasileiro qque mais reduziu a violência no País. O Estado ainda figura como campeão da insegurança pública, mas os novos dados indicam que o trabalho realizado atualmente pela Secretaria de Defesa Social tem sido fundamental para a mudança do triste cenário. De acordo com o governador Renan Filho (PMDB), o índice de violência foi reduzido em 15,89%. O Estado já se destaca entre as capitais nordestinas pela performance de reestruturação da paz entre os alagoanos. A Secretaria de Defesa Social e Ressocialização  mostrou também uma redução de 31,28% na capital alagoana. Trata-se um percentual que, para o governo, representa uma nova história positiva,  A
Línguas de esgoto mancham a reputação das belas praias de Maceió

Línguas de esgoto mancham a reputação das belas praias de Maceió

Fátima Almeida
Atraídos pela beleza das praias urbanas de Maceió, muita gente que opta por caminhar na areia acaba tendo um choque de realidade ao se deparar com as famigeradas 'línguas' de esgoto que escorrem a céu aberto, em direção ao mar. A cena, que se repete em vários trechos, é tão contrastante com o belo da paisagem, quanto o esforço de jangadeiros da Pajuçara em tentar convencer turistas de que é água limpa, aquele líquido escuro que sai das tubulações imundas e escorre para o mar, manchando a reputação das nossas belas praias. Constrangedor. SALGADINHO E por falar em esgoto, até quando vamos conviver com a inércia do Poder Público em relação a um dos mais antigos e mais graves problemas ambientais que afetam a nossa cidade, traduzido nas sujas e fétidas águas que o Riacho Salgadinho arras

Efeito Tatu

Fátima Almeida
Mais um transtorno para quem transita na Avenida Comendador Leão, no bairro do Poço. Depois de passar meses em meia pista, por causa do acidente da Motrisa, ocorrido no início do ano passado, agora é uma obra da Casal que exige perícia e paciência dos motoristas. E pelo jeito, vai demorar.