28 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Maceió

Bebedouro: Mulher fica soterrada após desabamento de barreira

Na tentativa de resgate, está sendo usando o efetivo de oito viaturas e 26 militares

Desde as primeiras horas da manhã deste sábado (22), militares do Corpo de Bombeiro trabalham para resgatar uma mulher soterrada após o muro de sua casa ser derrubado, após uma barreira desabar, no bairro de Bebedouro, em Maceió.

Porém, o coronel André do Corpo de Bombeiros informou que o corpo da mulher foi localizado há pouco tempo e as equipes estão fazendo a retirada da vítima do local. Ela não resistiu aos ferimentos.

A mulher foi identificada como Elida de Mendonça, de 49 anos. O acidente foi registrado por volta das 5h. Ela e o marido estavam dormindo, segundo testemunhas, quando foram alertados por uma vizinha sobre o risco de desabamento.

Foi quando ela subiu no muro da casa para olhar um vazamento causado pelo rompimento de uma tubulação de água, e foi surpreendida pelo desabamento da barreira.

Na área onde houve o deslizamento está isolada para evitar novos acidentes. A equipe da Defesa Civil de Maceió também foi acionada para realizar os primeiros levantamentos.

Na tentativa de resgate, foram usados o efetivo de oito viaturas e 26 militares, enviados para o local, além do uso de cães farejadores.

Casal

A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) esclareceu que um técnico da empresa esteve no local do deslizamento, pela associação tubulação de água com tubulação de água potável. O técnico, de acordo com a empresa, constatou que:

  • O deslizamento da barreira não foi provocado por nenhum rompimento de tubulação de água potável, mas sim pela situação da drenagem do local, que não compete à Casal. A rede da Companhia foi prejudicada por esse deslizamento;
  • Após o deslizamento, o próprio deslocamento do solo causou um pequeno rompimento de um cano de 60 milímetros da Companhia. É comum, sempre que há deslocamento de solo, o cano ser rompido em seguida, tendo em vista ser um material que não possui flexibilidade para suportar um deslizamento de barreira;
  •  Imediatamente após o rompimento do cano, o registro foi desligado, causando desabastecimento para os moradores e cessando o vazamento. A Casal vai trabalhar, neste sábado (22), para consertar o cano danificado pelo deslizamento da barreira e garantir o reabastecimento da comunidade.