20 de outubro de 2021Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Beneficiadas pelo Prodesin, empresas devem gerar mais de quatro mil empregos em AL

Governador assinou decretos de concessão de incentivos fiscais e locacionais a 13 empreendimentos; ação vai injetar mais de R$172 milhões na economia

Renan Filho assinou ao lado do secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, nesta segunda-feira (20), os decretos que concedem incentivos fiscais e/ou locacionais a esses empreendimentos. Foto: Márcio Ferreira

Doze empresas passaram a contar com os benefícios do Programa de Desenvolvimento Integrado do Estado de Alagoas (Prodesin). O governador Renan Filho assinou ao lado do secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, nesta segunda-feira (20), os decretos que concedem incentivos fiscais e/ou locacionais a esses empreendimentos.

Além das 12 empresas que passaram a contar com os benefícios do Prodesin, uma outra teve os incentivos prorrogados, também por decreto governamental.

Juntas, elas devem gerar cerca de quatro mil empregos e injetar mais de R$172 milhões na economia alagoana, beneficiando, diretamente, os municípios de Maceió, Rio Largo, Coruripe, Arapiraca, Marechal Deodoro e Teotônio Vilela.

São empreendimentos que atuam nos ramos da hotelaria, da indústria alimentícia, da construção civil, dentre outros segmentos. Renan Filho afirmou que a política de incentivos fiscais de Alagoas é uma das mais arrojadas do Brasil.

“Nosso incentivo é maior do que o de outros Estados para atrair negócios, por isso Alagoas consegue ser referência em hotelaria, em centros de distribuição, na cadeia produtiva da química e do plástico. Vamos seguir trabalhando para que a gente tenha segmentos em que o estado se destaque para gerar ainda mais empregos aos alagoanos”. Renan Filho, governador de Alagoas.

A solenidade foi realizada no Salão de Despachos do Palácio República dos Palmares e reuniu representantes do setor produtivo alagoano, prefeitos, deputados estaduais, vereadores por Maceió, dentre outras autoridades.

Empresas

A Cooperativa Agroindustrial dos Produtores da Colônia Pindorama é uma das 12 empresas beneficiadas com o incentivo fiscal concedido pelo Governo de Alagoas. O presidente da Pindorama, Klécio Santos, disse que o benefício é fundamental porque torna os empreendimentos instalados em Alagoas mais competitivos.

Em fase de instalação em Teotônio Vilela, a Amafil Indústria de Comércio de Alimentos também passa a contar com os incentivos concedidos pelo Governo de Alagoas.

Conedes

Seguindo com a temática de incentivos fiscais e locacionais concedidos pelo Governo de Alagoas, o Conselho de Desenvolvimento Econômico (Conedes) aprovou, também nesta segunda-feira, benefícios para mais cinco empreendimentos. A primeira reunião ordinária do ano foi realizada no Salão Aqualtune do Palácio República dos Palmares.

No total, serão investidos mais de R$ 68,5 milhões na economia estadual com geração de cerca de 220 postos de trabalho diretos. Foram contempladas as empresas IBR Hotelaria, É Leve Indústria e Comércio de Águas, Ecoambiental, Alagoas Ambiental e F7 Indústria de Serviços e Embalagens.