26 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Maceió

Câmara de Maceió: Guardas municipais passam a receber auxílio-fardamento

Projeto de lei foi votado em duas discussões com a realização de sessão extraordinária nesta quinta-feira

O Sindicato dos Guardas Municipais de Maceió (Sindguarda) definiu como uma grande conquista para a categoria a aprovação de mensagem do Executivo que cria e determina o valor do auxílio-fardamento para categoria.

O projeto enviado pelo prefeito Rui Palmeira (PSDB) foi deliberado, em Regime de Urgência, em duas discussões, após realização de sessão ordinária e extraordinária, nesta quinta-feira (14), na Câmara Municipal de Maceió, em Jaraguá.

De acordo com a mensagem, os pouco mais de 700 guardas municipais da capital passam a receber o valor de R$ 1.068 para comprar o fardamento, que é composto por uma guarnição, calça, cinto, gandola e cobertura (boné).

“Era uma reivindicação antiga da categoria que agora tivemos a oportunidade de ver aprovada, que é o auxilio fardamento aprovado pelos vereadores na Câmara Municipal de Maceió. O Executivo enviou o projeto para cá e os parlamentares foram bastante sensíveis e aprovaram, em Regime de Urgência, para que possamos receber os R$ 1,068”. Carlos Antônio Alves de Souza, o Carlos ‘Pisca’, presidente do Sindguarda.

Ordem do dia

Nos debates da Casa, a chacina de Suzano, em São Paulo, que deixou 10 mortos e alguns feridos, continuou sendo tema entre os parlamentares.O vereador Siderlane Mendonça (PEN) teve requerimento aprovado para que as escolas de Maceió passem a contar com profissionais de Psicologia para que possam avaliar crianças e adolescentes que estejam passando por problemas como “bullying”.

Além dessa iniciativa, o parlamentar também fez um apelo para que o município execute a Portaria nº 126, de 24 de novembro de 2018, que trata do Programa Segurança nas Escolas.