28 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Maceió

Câmara inicia atividades de 2022 com foco no desenvolvimento de Maceió

Galba Netto diz que a proposta é deixar o poder ainda mais próximo das necessidades dos maceioenses

Câmara de Maceió reinicia trabalhos legislativos presencialmente

A Câmara Municipal de Maceió iniciou o ano legislativo, na tarde desta terça-feira (2), com uma sessão solene que contou com a presença do secretário de governo Ivan Carvalho.

Ele leu a mensagem do prefeito JHC (PSB) destacando as ações municipais desenvolvidas em seu primeiro ano de gestão e enfatizando o papel do poder legislativo nos avanços que foram conseguidos apesar de todas as dificuldades iniciais.

Na oportunidade o presidente da CMM Galba Netto (MDB) destacou o envolvimento do poder com os problemas da cidade. Ele também reafirmou o compromisso para que em 2022 o legislativo esteja ainda mais conectado com o desenvolmento de Maceió.

“A verdadeira democracia existe quando há independência entre os poderes – Neste ano eleitoral é fundamental que continuemos trabalhado Estamos prestes a iniciar um período de investimentos jamais visto nos últimos anos para que consigamos construir juntos uma cidade que abrigue seus cidadãos”, enfatizou Ivan durante a leitura da mensagem.

Balanço
Galba, em seu pronunciamento destacou ações marcantes de sua gestão que contribuíram para o funcionamento da casa, apesar do déficit orçamentário inicial de R$ 8 milhões de reais. Segundo o presidente a principal necessidade foi adequar a CMM a sua nova realidade funcional com o aumento do número de vereadores, mas que contou com a compreensão e colaboração de todos os parlamentares.

“Poucas pessoas sabem elogiar as ações positivas. Mas um número grande se movimenta para criticar os fatos que na ótica delas é negativo. O Poder Legislativo vai continuar trabalhando para conquistar objetivos que melhorem a vida do maceioense como fizemos na aprovação da CNH Social,  Bolsa Escola Municipal, do Passe Livre – que foi um projeto de nossa autoria em meu primeiro mandato em 2013  e que tive a honra de ver concretizado em 2021”, disse Galba.

O presidente lembrou que logo no primeiro mês de gestão, diante dos desafios financeiros precisou renegociar contratos, realizar cortes de gastos para garantir o funcionamento do poder. Vale destacar que em 2021 a CMM se deparou  com uma nova realidade o aumento de sua composição de 21 para 25 parlamentares.

“Quando iniciamos o ano passado tínhamos um déficit de R$ 8 milhões de reais. As contas não fechavam. Mas, não nos acovardamos e fomos em busca da solução com corte de gastos, diminuição de nomeações, renegociações de contratos e cancelamentos de outros tantos. Tudo para não prejudicarmos as ações de nossa CMM e mantermos a estrutura fundamental para o desempenho das senhoras e dos senhores vereadores. Passamos um ano difícil, mas conseguimos chegar ao mês de dezembro, com muito empenho e união da casa, pagando a todos os compromissos do ano vigente, sendo o primeiro poder do Estado a conseguir pagar a folha do mês e o 13° salário”, enfatizou Galba.

Desafios
Segundo Galba, passadas as dificuldades, o ano se inicia com novas perspectivas, inclusive, com um planejamento para 2022 que terá melhor estrutura e valorização da força de trabalho. A proposta é deixar o poder ainda mais próximo das necessidades dos maceioenses com a discussão de propostas que visem encontrar soluções.

“Nossa administração está empenhada em melhorar os resultados a cada ano. E já com o balanço que tivemos conseguimos planejar o ano de 2022 e isso passa pela melhor estrutura e valorização de nossa força de trabalho. Independente de reconhecimentos ou dos aplausos não iremos esmorecer nos nossos objetivos de fortalecer o nosso poder. Resgatar a confiança da boa representatividade da CMM. Os eleogios não nos acomodam e as críticas não irão nos paralisar. Sigamos fortes em nossos objetivos”, avisou Galba.

Ele concluiu o seu pronunciamento mais uma vez agradecendo e conclamando aos vereadores e funcionários a continuarem dedicados em transformar a realidade do poder, que por consequência terá reflexos dessas ações na sociedade.

Compromisso
Os vereadores também enalteceram o papel do parlamento e o quanto a união com o Executivo fez a diferença na busca de soluções conjuntas que amenizassem as condições de sobrevivência das maceioenses.

De acordo com o vice-presidente da casa, vereador Luciano Marinho (MDB, embora em meio a muitas dificuldades foram registrados muitos avanços no município.

“A Prefeitura de Maceió mesmo com dificuldade financeira, sem orçamento aprovado ajustou as contas e com isso houve muitos avanços. A CMM teve muita participação nisso. Que tenhamos muitos mais na infraestrutura, educação e transporte este ano” disse Marinho lembrando que a prefeitura tem o projeto da construção de 30 creches.

Ex-secretário de governo, o vereador Chico Sales (PSB) falou do orgulho de ter feito parte da gestão e continuar apoiando-a. Ele destacou a responsabilidade que a casa tem com a cidade de Maceió. Em especial porque convive com um problema grave provocado pela mineradora Braskem.

“Chegou o momento em que toda a sociedade espera mais. Não é fácil representá-la já que tem muitos problemas, entre eles os bairros atingidos pela Braskem. Mais de 60 mil sofrem com os crimes dessa mineradora. Em meio a uma pandemia há aqueles que vivem com problemas no fornecimento de água, onde infelizmente temos que conviver com os problemas causados pela BRK”, lembrou Sales.

Ele falou, ainda, da confiança que deposita no prefeito JHC. Destacou as dificuldades do primeiro ano, mas que a inovação e o comprometimento  do prefeito tem contribuído para que a cidade avance.

Plano Diretor
O presidente da Comissão de Constituição e Justiça, vereador Chico Filho (MDB)  destacou a necessidade da discussão do Plano Diretor que deveria ter sido discutido em 2015. “Ele diz respeito ao ordenamento da nossa cidade e para onde ela vai crescer. Tudo surge dele e do código de edificações. São pontos importantes que devemos deliberar este ano aqui na casa”, defendeu o parlamentar.

Filho disse também que o setor produtivo sofre com a pandemia e o empobrecimento da população. Lembrou também da questão do táxi e do App Maceió Cidade que é importante para dar vida a esse segmento.

Após seu primeiro na função o vereador Brivaldo Marques (PSC) destacou a cooperação dos vereadores para sua atuação. Relembrou sua atividade como prefeito comunitário no  Benedito Bentes e como conseguiu viabilizar obras para o bairro.

“Todos que fizeram parte do meu mandato estão satisfeitos, mas que o povo precisa de mais no dia a dia. Estou satisfeito que uma emenda nossa de remanejamento vai resultar num Investimento de R$ 3 milhões para calçar ruas de barro no Benedito Bentes”, enfatizou Marques.

A vereadora Silvania Barbosa (PRTB) aproveitou a presença do secretário Ivan para falar da “batalha” para encontrar uma solução para os food-trucks, enfatizando a necessidade de que a atividade seja regulamentada.

“Temos que regulamentar. É inviável colocar um food-truk todos os dias e retirar. O prefeito precisa olhar de forma diferenciado. Há um projeto tramitando na casa. Defendeu o reordenamento e um amplo debate com todos os envolvidos. Precisamos encontrar uma solução porque a pandemia cresceu e trouxe o desemprego”, ponderou a vereadora.

O médico e vereador Dr. Valmir Gomes (PT)  voltou a falar do aparthaid social que afirma existir na capital e que separa a área nobre, com índices similares aos países de primeoiro mundo,  da periferia.

“Na orla lagunar tem pessoas que vivem com o ídice de desenvolvimento humano semelhante aos países mais pobres da África. Isso exige compromissos e proposições para que possamos caminhar na solução desses problemas”, convocou Valmir ao reconhecer avanços da gestão na área da saúde.

Avanços
A vereadora Olívia Tenório  (MDB) acredita que 2022 será um ano diferente porque o município já reconhece onde precisa agir com mais eficiência e rapidez. Ela confirmou que, após vivenciar a experiência da maternidade e aguardar a imunização total, estará presencialmente na CMM.

“Quero ver mais empenho do Executivo já que a casa foi deixada em ordem. Agora que já tomamos pé da situação, creio que esse seja um ano de novidades e realizações”, cobrou Olívia.

Líder do governo na CMM e 2° secretário da Mesa Diretora, o vereador Siderlane Mendonça (PSB) destacou a importância da função que ocupa para ajudar a cidade em parceria com os vereadores. Falou da importância de estar integrando a Mesa Diretora e do desenvolvimento de ações propositivas para a cidade.

“Estivemos com o prefeito e identifiquei nele o desejo de transformar a cidade. Vamos avançar e deixar Maceió muito mais bonita do que já é, pois a gestão não enxerga apenas a orla, mas a periferia e a grota de forma igual”, destacou Siderlane.