24 de junho de 2021Informação, independência e credibilidade
Maceió

Chefe da Divisão de Digitação da Câmara de Maceió morre de leucemia aos 55 anos

Corpo de Gerson Augusto da Silva Guimarães, o Dunga, está sendo velado na Central de Velórios Paz e Vida, no bairro do Prado

A Câmara de Maceió aprovou uma Moção de Pesar pelo falecimento do servidor Gerson Augusto da Silva Guimarães, 55 anos (Dunga) que era o chefe da Divisão de Digitação da casa de Mário Guimarães. Ele faleceu em decorrência de complicações da leucemia.

Logo na abertura dos trabalhos o vereador Joãozinho (Podemos) citou o fato e pediu pelo reconhecimento da casa. Em seguida, o presidente Galba Netto (MDB) concordou com honraria e homenageou o servidor com um minuto de silêncio.

“Aqui o nosso reconhecimento aos serviços prestados a esta casa. Ao que sabemos era uma pessoa dedicada a sua atividade que teve uma morte precoce”  Galba Netto.

O  corpo do servidor está sendo velado na Central de Velórios Paz e Vida, no bairro do Prado e serão na quinta-feira (29), às 10h, no Cemitério Nossa Senhora da Piedade.

Pesar

Na mesma sessão, o vereador Leonardo Dias propôs e conseguiu aprovação de duas moções de pesar.  Uma em homenagem a memória do médico do Posto do Clima Bom, Paulo Padilha vítima de problemas cardíacos, na semana passada.

A outra homenagem foi feita em memória do radialista e produtor do Programa Cidadania Alisson Moura filho do radialista França Moura, que faleceu vítima da Covid-19 na última segunda-feira.