29 de novembro de 2021Informação, independência e credibilidade
Política

Chuva e rajadas de vento causam destruição e medo no Agreste

Posto de combustível foi parcialmente destruído em Maribondo. Queda de árvores e inundações também marcaram a chegada do temporal

Chuva forte com rajadas de vento causaram estragos e provocaram situações de medo e transtorno na região do Agreste, na tarde desta quinta-feira. Imagens enviadas por meio das redes sociais mostram a destruição parcial de um posto de combustível, às margens da BR 316, no município de Maribondo e a movimentação de funcionários e motoristas em correria tentando se abrigar da forte ventania, que arrancou parte do teto do estabelecimento e arrastou vários objetos.

Também em outras regiões do interior alagoano, o fenômeno se repetiu em várias cidades. Fotos identificadas como sendo do município de Viçosa, na região da Zona da Mata, mostram avarias e vazamento de combustível em frente a um posto. Em alguns locais, imóveis foram destelhados pela força do vento e a água da chuva invadiu casas e estabelecimentos comerciais.

Nas estradas, árvores foram arrancadas pela ventania, bloqueando a passagem em vários pontos de rodovias do Agreste e Zona da Mata, potencializando riscos de acidentes.

O fenômeno – conhecido como chuvas de verão – é provocado pelo calor excessivo e deve atingir outras regiões, inclusive a grande Maceió, segundo informação da Sala de Alerta da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), mas não devem durar.

No final da tarde, fotos mostravam densas nuvens no município de Delmiro Gouveia, anunciando o temporal também na região do Sertão.

Confira este vídeo do estrago provocado pelas fortes chuvas: