25 de junho de 2022Informação, independência e credibilidade
Justiça

Construção Civil antecipa férias e para por 30 dias após acordo no TRT/AL

Por conta da pandemia do coronavírus, as entidades sindicais concordaram em paralisar as atividades

O desembargador Marcelo Vieira, vice-presidente e corregedor do Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (TRT/AL), homologou na última terça-feira (24.03) acordo em dissídio coletivo entre os Sindicatos da Indústria da Construção do Estado de Alagoas e dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil e do Mobiliário do Estado.

Por conta da pandemia do coronavírus, as entidades sindicais concordaram em paralisar as atividades pelo período de 30 dias, sem prejuízo da remuneração, a ser posteriormente compensado com as férias regulares dos trabalhadores. O magistrado, na condição de relator, conduziu todo o processo de negociação por meio do trabalho remoto.

Pelos termos do acordo, os dias de paralisação serão considerados como faltas justificadas, sendo posteriormente compensados, à razão de um para um (contando-se como dias corridos), por ocasião das férias regulares de cada trabalhador da categoria ou, eventualmente, por ocasião da rescisão contratual, o que primeiro ocorrer.