24 de janeiro de 2022Informação, independência e credibilidade
Maceió

É falso que Prefeitura de Maceió pague R$ 90/dia por grade de contenção da orla

O valor correto é de R$ 1,93 por cada grade instalada

Um vídeo publicado na rede social Instagram e compartilhado em diversos grupos de Whatsapp de Alagoas, diz que a prefeitura de Maceió teria gasto R$ 90 por dia com o aluguel de cada grade de contenção instalada na orla da capital. A informação é falsa.

“É mais um absurdo que a população de Maceió é obrigada a arcar. O preço da diária de cada grade de contenção dessa, feito pela Prefeitura é no valor de R$ 90 a diária. O preço no mercado de uma grade dessa é em torno de R$ 130. Quantas grades tem na extensão da praia aqui no litoral de Maceió?”. Homem que gravou o vídeo fake.

Consultamos a ata de prestação de serviço da Prefeitura para saber o valor pago por cada equipamento. De acordo com o documento, o valor pago por unidade é de R$ 1,93 e não R$ 90 como sugerido pelo autor do vídeo.

O valor de R$90 é relativo à instalação de 100 metros de disciplinadores (grades). Mas como cada grade contratada tem 2,15 metros de largura, o município consegue instalar 46,5 grades, ao custo de R$ 1,93 cada uma. Sobre a informação falsa, a Prefeitura de Maceió esclareceu em publicação feita no site oficial do órgão. O prefeito de Maceió, Rui Palmeira, também se pronunciou nas redes sociais.

View this post on Instagram

⚠️ Desmentindo uma informação FAKE publicada pelo @eduardotavares.filho sobre o valor das grades (disciplinador) de contenção da orla de Maceió. ⛔ A MENTIRA: cada grade custa R$ 90,00, por dia, ao Município. ✅ A VERDADE: cada grade custa R$ 1,93, por dia. O @eduardotavares.filho aumentou o valor em 4.563% a mais do que de fato ele é. Pois o valor de R$ 90,00, dito por ele, é referente a 100 metros de grades, ou seja, cerca de 46,5 unidades, e não uma, como ele diz. É muito importante, ao publicar ou compartilhar alguma informação, checar antes para não propagar desinformação nas redes. Caluniar o gestor público e disseminação de Fake News, em época de pandemia, são condutas criminosas. Além disso, o @eduardotavares.filho descumpriu o decreto retirando a máscara. As medidas judiciais serão adotadas. Continuarei trabalhando incansavelmente para salvar a vida dos maceioenses.

A post shared by Rui Palmeira (@ruisoarespalmeira) on

O isolamento da orla de Maceió faz parte de uma ação da Prefeitura para ampliar as ações de distanciamento social, cumprindo também as determinações do decreto publicado no Diário Oficial do Estado, no dia 5 deste mês, que restringe o acesso de pessoas a praias, calçadões, praças e alamedas.