22 de janeiro de 2021Informação, independência e credibilidade
Vídeos

Em vídeo relato, Lima Duarte diz que ‘entende’ Migliaccio, que se suicidou nesta semana

Corpo do ator foi encontrado em seu sítio; Ele deixou uma carta dizendo que ‘a humanidade não deu certo’

O ator Lima Duarte publicou um emocionado depoimento para o colega Flávio Migliaccio. O corpo do ator foi encontrado em seu sítio, no Rio de Janeiro, após ter cometido suicídio. Ele havia deixado uma carta e, deprimido, disse ter se decepcionado com os rumos da humanidade:

“Me desculpem, mas não deu mais. A velhice neste país é o caos como tudo aqui. A humanidade não deu certo. Eu tive a impressão que foram 85 anos jogados fora. Num país como este. E com esse tipo de gente que acabei encontrando. Cuidem das crianças de hoje”. Flávio Migliaccio, em carta de suicídio.

Em quase 5 minutos de vídeo, Duarte contou sobre os tempos de ditadura militar, quando foi levado para o DOI CODI e o pedido ao amigo Dionísio Azevedo para tranquilizar suas filhas Ao encerrar o vídeo, citou uma frase da peça “Os Fuzis da Senhora Carrar”, de Bertolt Brecht, dedicada que dedicou aos que ficam “Os que lavam as mãos o fazem numa bacia de sangue”.

Processo

A família de Flávio Migliaccio decidiu processar o Estado do Rio de Janeiro por vazar fotos do corpo do ator. Marcelo Migliaccio, filho do artista, acionou o advogado Sylvio Guerra para cuidar da causa.

“Foi uma violência, um desrespeito. Estarei tomando todas as medidas judiciais cabíveis. Divulgaram foto do meu cliente em condições que se encontrava dentro de seu quarto após suicidar-se”. Sylvio Guerra, advogado.