22 de maio de 2022Informação, independência e credibilidade
Alagoas

Fisco alagoano flagra cerca de R$ 290 mil em mercadorias irregulares

Operação da Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas aconteceu na madrugada desta quarta-feira (06) em Palmeira dos Índios

Apreensão de garrafas de vinho gerou pagamento de imposto e multa de mais de R$ 67 mil. Foto: Ascom/Sefaz

A equipe da Central de Operações Estratégicas e Fiscalização Interna (Coefi), sob a Gerência de Fiscalização de Operações em Trânsito (Geot), da Secretaria da Fazenda de Alagoas, reteve o equivalente a R$ 290 mil em mercadorias sem nota fiscal, documentação incompleta ou inidônea na BR-316, em Palmeira dos Índios.
A ação aconteceu na madrugada desta quarta-feira (06). Dentre os produtos, estão: 3.600 garrafas de vinho de 900ml, 1.500 garrafas de vinho de 3,8L, madeira e itens diversos. Foram recolhidos aos cofres públicos R$ 67.049,84, sendo R$ 51.576,80 de imposto e R$ 15.473,04 de multa. Todos os termos foram pagos e a carga liberada.

O superintendente especial da Receita Estadual, Francisco Suruagy, reforça o compromisso da Sefaz em combater a sonegação fiscal no estado.

A presença da fiscalização garante uma concorrência justa e leal entre os pagadores de impostos. “As mercadorias flagradas estão sem pagar impostos e prejudicam os comerciantes que pagam. Caso alguns contribuintes insistam em andar à margem da lei, terão a presença forte da Sefaz. Lutamos em defesa do bom contribuinte alagoano”, frisa.