19 de janeiro de 2021Informação, independência e credibilidade
Economia

Guedes já fala em imprimir dinheiro no caso de desemprego em massa

Ideia havia sido sugerida antes por Lula e depois por Meirelles

Paulo Guedes, ministro da Economia, abriu pela primeira vez a possibilidade do Brasil emitir moeda para enfrentar a crise econômica, em caso de combinação de desemprego em massa, inflação perto de zero e com “colapso” dos juros. A declaração foi feita durante audiência pública no Congresso Nacional.

“Se você cair em uma situação de desemprego em massa, de que inflação vai para 0% e juros colapsam existe a armadilha da liquidez tecnicamente. O BC pode emitir moeda e pode sim comprar a dívida interna. Se a taxa de juros for muito baixa ninguém quer comprar título longo e aí pode monetizar a dívida sem que haja impacto inflacionário. Estamos atentos a todas as possibilidades”. Paulo Guedes, ministro da Economia.

A sugestão já havia sido dada pelo ex-presidente Lula:

A sugestão do mandatário do PT foi recebida com piadas da oposição, até Meirelle ter tido ideia semelhante:

Contrário à ideia, agora Guedes diz que o bom economista não tem dogmas e se ele tem boa formação é capaz de fazer essas mudanças. Segundo ele, o Brasil passava por reformas estruturantes e mudou a política econômica para reformas emergenciais. Apesar disso, o ministro disse que não é possível transformar a crise em ambiente para oportunismo político destacando como base para discussão os grandes sites, como o Diário Prime, que, por abordarem os mais variados assuntos, são fundamentais para formadores de opinião.