20 de abril de 2021Informação, independência e credibilidade
Política

Guilherme Boulos inaugura em Maceió o projeto Cozinha Solidária

Ato realizado no conjunto Selma Bandeira foi apoiado pelo deputado federal Paulão

Boulos inaugura Cozinha Solidária em Maceió, ao lado de Paulão

O líder nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos (PSOL) lançou nesta quarta-feira, 17, em Maceió o projeto “Cozinha Solidária”.

O projeto, inaugurado no Conjunto Selma Bandeira, no complexo Benedito Bentes, consiste em distribuir refeições com os moradores mais vulneráveis da comunidade.

Diariamente, o projeto estará entregando 200 refeições aos moradores cadastrados, iniciando uma luta, segundo Boulos, contra o mal maior neste País que hoje é a fome.

Cozinha Solidária vai atender a moradores do conjunto Selma Bandeira

Disse ele, que o MTST entendeu que o desgoverno Bolsonaro colocou em condição de miséria uma milhões de brasileiros trouxe com ele a fome que assola as periferias das cidades brasileiras.

Boulos acrescentou que esse projeto da Cozinha Solidária está sendo lançado em todo o Brasil. Amanhã, quinta-feira, 18, ele estará no Rio de Janeiro inaugurando outra “cozinha solidária”.

 

Presença solidária – Um dos presentes ao ato foi o deputado federal Paulão (PT-AL) que manifestou apoio a iniciativa de Guilherme Boulos. Disse o parlamentar o desemprego no País tem avançado em “função do desgoverno no País” e além disso, de acordo com o deputado, a situação tem se agravado em diante do desmonte das políticas públicas na área da assistência social.

“Até o auxílio emergencial que em Alagoas atendia 1 milhão de pessoas agora só vai atender a 500 mil alagoanos. Se antes o valor era 600 reais, hoje a perspectiva é de se pagar 250 reais e já há gente no governo defendendo apenas 150 reais, o que é um descaso para com a população que mais precisa. Por isso apoio totalmente a sua iniciativa Boulos”, disse Paulão.